Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Ações de piscicultura na região de Irecê (BA)
conteúdo

Notícias

Ações de piscicultura na região de Irecê (BA)

A Codevasf, por meio do Escritório de Apoio Técnico em Irecê, na Bahia, repassou 122 mil alevinos para diversos municípios da região. A ação foi realizada na presença de prefeitos e secretários de agricultura da região, associações, cooperativas, empresários do ramo piscícola, produtores e pescadores
publicado: 23/12/2009 10h28, última modificação: 20/06/2018 17h06

A Codevasf, por meio do Escritório de Apoio Técnico em Irecê, na Bahia, repassou 122 mil alevinos para diversos municípios da região. A ação foi realizada na presença de prefeitos e secretários de agricultura da região, associações, cooperativas, empresários do ramo piscícola, produtores e pescadores.

Foram entregues 38 mil alevinos de curimatãs para realização de peixamentos e 84 mil alevinos de tilápia para fomentar a criação de peixes em tanques-rede. Foram beneficiadas a Associação dos Piscicultores de Canarana; associações de produtores de Jaguaraci; Secretaria de Agricultura de São Gabriel; associações e Secretaria de Agricultura de Presidente Dutra; Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável do município de Lapão; Associação de Queimada Nova; Secretaria de Agricultura de Irecê; Associação Comunitária de Algodões; Secretaria de Agricultura de Jussara; Associações e Secretaria de Agricultura de João Dourado.

O repasse foi coordenado pelo Escritório de Irecê e pelo Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique – Cirpa. Segundo Luiz Alberto, chefe do Escritório da Codevasf de Irecê, "essa entrega tem como objetivo fomentar o repovoamento de pequenas barragens e aguadas na região, visando produzir proteína de boa qualidade e a baixo custo. Com essa ação será possível um incremento de 70 toneladas de peixes às populações beneficiadas logo no primeiro ano". O engenheiro de pesca Charles Fabian, chefe do Cirpa Xique-Xique, reforça a importância das parcerias existentes entre as diversas unidades da Codevasf “no sentido de difundir alternativas para o aproveitamento contínuo dos recursos aquícolas existentes, como canais de irrigação, aguadas, reservatórios e incentivo a utilização de tanques-rede”. Ainda segundo Fabian, essa é uma iniciativa que será repetida bimestralmente, uma vez que é uma ação de forte cunho social. “Há uma grande demanda por alevinos na região”, conclui.