Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Fórum Intermunicipal da Revitalização do São Francisco em Penedo
conteúdo

Notícias

Fórum Intermunicipal da Revitalização do São Francisco em Penedo

O Fórum Intermunicipal da Revitalização do São Francisco e a Comissão Local do Meio Ambiente e Ação Socioambiental da Foz do São Francisco – Colméia da Foz foi instalado, na cidade de Penedo. O evento foi promovido pelo Ministério do Meio Ambiente – MMA. O Superintendente da Codevasf de Alagoas, Antônio Nelson de Azevedo, participou da solenidade. Na oportunidade, ele fez um relato das ações da Codevasf e do Ministério da Integração Nacional para a revitalização da bacia da São Francisco alagoano. Antônio Nelson será um dos integrantes da Secretaria Executiva da Colméia da Foz.
publicado: 27/06/2006 09h30, última modificação: 20/06/2018 16h59

O Fórum Intermunicipal da Revitalização do São Francisco e a Comissão Local do Meio Ambiente e Ação Socioambiental da Foz do São Francisco – Colméia da Foz foi instalado, na cidade de Penedo. O evento foi promovido pelo Ministério do Meio Ambiente – MMA. O Superintendente da Codevasf de Alagoas, Antônio Nelson de Azevedo, participou da solenidade. Na oportunidade, ele fez um relato das ações da Codevasf e do Ministério da Integração Nacional para a revitalização da bacia da São Francisco alagoano. Antônio Nelson será um dos integrantes da Secretaria Executiva da Colméia da Foz.

Segundo o coordenador do Programa de Revitalização da Bacia do São Francisco, do MMA, Maurício Laxe, o Fórum e a Colméia da Foz irão envolver as comunidades do Baixo São Francisco, visando implementar, de forma participativa, o processo de recuperação, conservação e preservação ambiental por meio de ações integradas e permanentes.

O evento contou com a presença da Superintendência Regional de Sergipe; gerências executivas do Ibama de Alagoas e Sergipe; prefeituras municipais de Penedo, São Brás, Porto Real do Colégio, Igreja Nova, Piaçabuçu, Propriá, Canindé do São Francisco e Brejo Grande; representantes de federação e colônia de pescadores da região, faculdades, escolas municipais, igreja católica e organizações ambientais não governamentais do Baixo São Francisco.