Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Janaúba (MG) comemora 16 anos de Projeto Amanhã
conteúdo

Notícias

Janaúba (MG) comemora 16 anos de Projeto Amanhã

As comemorações pelos 16 anos de criação do Projeto Amanhã da Codevasf continuaram nesta semana com uma solenidade na sede da Associação Assistencial Comunitária Rio Novo, no município de Janaúba (MG). O evento contou com a presença de várias lideranças comunitárias e jovens participantes do projeto.
publicado: 29/05/2009 16h21, última modificação: 20/06/2018 17h04

As comemorações pelos 16 anos de criação do Projeto Amanhã da Codevasf continuaram nesta semana com uma solenidade na sede da Associação Assistencial Comunitária Rio Novo, no município de Janaúba (MG). O evento contou com a presença de várias lideranças comunitárias e jovens participantes do projeto.

Para o superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, os benefícios proporcionados pelo Projeto Amanhã só estão sendo possíveis graças ao trabalho e à dedicação aliados ao comprometimento solidário de parceiros na busca de melhores dias para a juventude rural.

Chaves ainda anunciou que, em razão da grande procura por capacitação na área de informática, a Codevasf está adquirindo 20 novos computadores para ampliar o Telecentro implantado pela empresa em Nova Porteirinha (MG). Ainda segundo o superintendente, neste município, também deverá ser instalada, futuramente, uma faculdade virtual de informática para jovens carentes.

A presidente da Associação, Dilma Gomes, afirmou, por sua vez, que o projeto é uma das grandes realizações do Governo Federal, através da Codevasf, na promoção e capacitação profissional de adolescentes oriundos de famílias carentes, contribuindo para sua integração à sociedade e abrindo-lhes as portas para o primeiro emprego.

Resultados - De acordo com números apresentados pelo coordenador do Projeto Amanhã em Minas Gerais, Ivan Ibrahim, durante esses 16 anos de atuação, foram formados mais de 7.300 jovens com idades entre 14 e 26 anos. A capacitação se dá através de cursos profissionalizantes em áreas como artesanato, informática, piscicultura, apicultura, corte e costura, horticultura, serigrafia, fruticultura e outras atividades rurais desenvolvidas em mais de 30 municípios mineiros.