Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2005 > Sensibilização para o turismo sustentável
conteúdo

Notícias

Sensibilização para o turismo sustentável

Sensibilizar 80 participantes de 15 comunidades nos municípios de Brejo Grande, Pacatuba e Pirambu (SE), para a importância do turismo de base sustentável, na região da Foz do São Francisco, é o objetivo da ação de sensibilização que a Codevasf – Sergipe coordena sexta-feira (25), das 8 às 18 horas, no auditório da Faculdade de Sergipe (Fase), em Aracaju.
publicado: 24/11/2005 14h00, última modificação: 20/06/2018 16h56

Sensibilizar 80 participantes de 15 comunidades nos municípios de Brejo Grande, Pacatuba e Pirambu (SE), para a importância do turismo de base sustentável, na região da Foz do São Francisco, é o objetivo da ação de sensibilização que a Codevasf – Sergipe coordena sexta-feira (25), das 8 às 18 horas, no auditório da Faculdade de Sergipe (Fase), em Aracaju.

Parte integrante do Programa de Educação Ambiental com Comunidades Costeiras (PEAC) da Petrobras, hoje sob gestão do Instituto Gema, a ação de sensibilização, envolve doze instituições que compõem o Grupo de Trabalho de Turismo Sustentável do Baixo São Francisco, coordenado pela Codevasf. Segundo o engenheiro Florestal Ronaldo Fernandes, coordenador do Grupo de Trabalho, “esta é a primeira ação desenvolvida com os municípios da Foz do São Francisco e busca sensibilizar, em primeiro lugar, as comunidades para a importância do turismo responsável e da preservação do ambiente natural, principal atrativo da região”.

A intenção também é mostrar às comunidades da região como o ecoturismo pode interligar as comunidades em um sistema de rede, fortalecendo a economia solidária e se traduzindo no melhor meio para comercialização de artesanato e produtos agrícolas, bem como para difusão do patrimônio histórico-cultural. A Codevasf vem buscando e apoiando novas alternativas econômicas que favoreçam o desenvolvimento da região.

Para o superintendente Regional Paulo Viana, o ecoturismo e o turismo rural são segmentos com excelente potencial para impulsionar esse desenvolvimento, mas para isto é fundamental que as comunidades se organizem para produzir em sintonia com o mercado e em harmonia com o patrimônio natural, sem degradá-lo.

Para abrir canal de comercialização dos produtos da região, a Codevasf está promovendo, de 9 a 11 de dezembro próximo, em sua sede sergipana, o V Feirão de Artesanato e Produtos Regionais do Baixo São Francisco, com a participação de vários municípios situados na bacia do São Francisco.