Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2005 > Turismo Sustentável no Baixo São Francisco
conteúdo

Notícias

Turismo Sustentável no Baixo São Francisco

Encerrou, nesta semana, em Propriá (SE), o Seminário “Plano de Ações Estratégicas e Integradas para o Desenvolvimento do Turismo Sustentável no Baixo São Francisco”. O Ministério do Meio Ambiente (MMA), a partir dessa oficina realizada, concluiu o Plano de Ações para o Turismo Sustentável no Baixo São Francisco e a previsão é de que em outubro ele seja editado e distribuído pela ministra Marina Silva. Esse plano irá nortear os futuros projetos e financiamentos na área de turismo para a região.
publicado: 22/09/2005 10h50, última modificação: 20/06/2018 16h57

Encerrou, nesta semana, em Propriá (SE), o Seminário “Plano de Ações Estratégicas e Integradas para o Desenvolvimento do Turismo Sustentável no Baixo São Francisco”. O Ministério do Meio Ambiente (MMA), a partir dessa oficina realizada, concluiu o Plano de Ações para o Turismo Sustentável no Baixo São Francisco e a previsão é de que em outubro ele seja editado e distribuído pela ministra Marina Silva. Esse plano irá nortear os futuros projetos e financiamentos na área de turismo para a região.

A Codevasf, por meio de suas superintendências regionais de Sergipe e Alagoas, vem direcionando esforços no sentido de estruturação da atividade, coordenando a elaboração do Programa de Turismo Sustentável do Baixo São Francisco, em conjunto com os diversos atores sociais que interagem na bacia. A integração dos roteiros turísticos dos dois Estados, no âmbito dos Programas Federais e Estaduais, foi ponto de partida para a elaboração da proposta preliminar de Plano de Ação.

O turismo, atividade econômica com grande potencial para desenvolvimento sustentável da região, faz parte da quinta linha de ação do programa de Revitalização do São Francisco, Economia Sustentável (ECS), que tem como objetivos fomentar programas turísticos sustentáveis; recompor os recursos pesqueiros; promover a aqüicultura e pesca; disseminar tecnologias agropecuárias sustentáveis para agricultura familiar e assentamentos rurais e incentivar a responsabilidade social junto às empresas públicas e privadas.

Durante a abertura do evento, foi destacado o trabalho da empresa, coordenado em Sergipe pelo Engenheiro Florestal Ronaldo Fernandes. O superintendente Regional Paulo Viana enalteceu a atuação do técnico que tem procurado trabalhar de forma articulada com as diversas instituições, de modo a viabilizar as atividades do turismo rural e do ecoturismo, com os quais se espera impulsionar a atividade econômica no meio rural, diversificando-a, de modo a melhorar a qualidade de vida das comunidades da região.