Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2005 > Rio Parnaíba inspira pinturas e fotografias
conteúdo

Notícias

Rio Parnaíba inspira pinturas e fotografias

A exposição “Viagem Pitoresca pelo Rio Parnaíba” foi aberta hoje na Câmara dos Deputados com a presença do Presidente da Codevasf, Luiz Carlos Everton de Farias. A exposição itinerante, inspirada no rio que divide os estados do Piauí e Maranhão, é composta por pinturas de Otoniel Fernandes Neto e fotografias de Eduardo Peixoto. As fotos e pinturas ficarão no Corredor de Acesso ao Plenário da Câmara dos Deputados, entre os dias 15 e 19 de agosto. Depois, seguirá para a Sede da Codevasf, na 601 Norte, onde ficará até o dia 16 de setembro.
publicado: 15/08/2005 16h25, última modificação: 20/06/2018 16h57

A exposição “Viagem Pitoresca pelo Rio Parnaíba” foi aberta hoje na Câmara dos Deputados com a presença do Presidente da Codevasf, Luiz Carlos Everton de Farias. A exposição itinerante, inspirada no rio que divide os estados do Piauí e Maranhão, é composta por pinturas de Otoniel Fernandes Neto e fotografias de Eduardo Peixoto. As fotos e pinturas ficarão no Corredor de Acesso ao Plenário da Câmara dos Deputados, entre os dias 15 e 19 de agosto. Depois, seguirá para a Sede da Codevasf, na 601 Norte, onde ficará até o dia 16 de setembro.

A exposição é patrocinada pela Codevasf em comemoração aos cinco anos da expansão de sua atuação no vale do Parnaíba. É composta por 30 pinturas e 30 fotografias resultantes de expedição realizada no início deste ano. Na bagagem, os artistas levaram telas, tintas, cavaletes, câmeras fotográficas e muita inspiração. Desceram a Chapada das Mangabeiras onde nasce o rio Parnaíba, e seguiram até o Delta, em pequenas embarcações e, em alguns trechos, margearam o rio de automóvel, no lombo de mulas e a pé por estradas e caminhos mais estreitos.

O resultado da missão artística poderá ser conferido nas emocionantes paisagens que destacam a fauna, a flora, as cidades históricas, as cenas do cotidiano e o homem ribeirinho. Pintor e fotógrafo mostram as impressões provocadas pelo grande rio, ainda rico em recursos naturais.