Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2005 > APLs para municípios baianos
conteúdo

Notícias

APLs para municípios baianos

A Codevasf de Juazeiro (BA) lançou no município de Remanso os projetos de apicultura e caprinovinocultura em parceria com o Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais (Sasop). Os projetos serão desenvolvidos como Arranjos Produtivos Locais (APL´s) – que buscam melhorar a eficiência na ação de empreendimentos com a parceria de instituições públicas e privadas.
publicado: 06/01/2005 15h10, última modificação: 20/06/2018 16h58

A Codevasf de Juazeiro (BA) lançou no município de Remanso os projetos de apicultura e caprinovinocultura em parceria com o Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais (Sasop). Os projetos serão desenvolvidos como Arranjos Produtivos Locais (APL´s) – que buscam melhorar a eficiência na ação de empreendimentos com a parceria de instituições públicas e privadas.

Segundo o engenheiro agrônomo e coordenador dos APLs da Codevasf, Joselito Menezes, os projetos contarão com recursos de R$ 700 mil, aplicados nos próximos seis meses.

Menezes informou ainda que, além de Remanso, serão beneficiados os municípios de Pilão Arcado, Campo Alegre de Lurdes e Casa Nova. Na atividade da apicultura, serão construídas casas de extração de mel e colméias. No projeto de caprinovinocultura, serão construídos apriscos, adquiridas máquinas forrageiras, implantadas reservas estratégicas alimentar e ações voltadas para capacitação e treinamento dos produtores.

Com duração inicial de seis meses, esse primeiro projeto de APLs deverá ter continuidade, já que, o governo federal poderá alocar novos recursos no orçamento para a estruturação de novas atividades na região do Submédio São Francisco.

Essa região do Vale, principalmente a área de sequeiro, possui as melhores condições para se implantar projetos de caráter sustentável, por ter uma flora rica, os melhores rebanhos e habitat natural para o sucesso do empreendimento.

 A Codevasf também está estruturando os APLs de piscicultura nos municípios de Sento Sé , Sobradinho e Casa Nova. Em breve serão implantados 120 tanques rede, treinamento de pessoal, aquisição de alevinos e ração.

A solenidade ocorreu na Câmara de Vereadores e reuniu cerca de 120 pessoas entre agricultores, representantes de Prefeituras da região, associações, sindicatos, cooperativas e organizações não governamentais.