Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2004 > Começam oficinas de capacitação do PLANAP
conteúdo

Notícias

Começam oficinas de capacitação do PLANAP

O território dos Cocais, que concentra 22 municípios no norte do Piauí, 11 no Ceará e 7 do Maranhão receberá a primeira capacitação prática do Plano de Ação para o Desenvolvimento Integrado do Vale do Parnaíba (Planap).
publicado: 19/10/2004 15h50, última modificação: 20/06/2018 16h55

O território dos Cocais, que concentra 22 municípios no norte do Piauí, 11 no Ceará e 7 do Maranhão receberá a primeira capacitação prática do Plano de Ação para o Desenvolvimento Integrado do Vale do Parnaíba (Planap).

O Plano, que está sendo elaborado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba(Codevasf) em parceria com a OEA e com recursos do Banco Mundial, propõe ações de longo, médio e curto prazo, que serão realizadas a partir da elaboração do diagnóstico da Bacia do Parnaíba e da identificação das demandas e expectativas da população.

A participação das comunidades começa nas oficinas. De amanhã(20) até o dia 23, representantes das comunidades estarão debatendo as demandas de cada município, durante a evento a ser realizada em Esperantina. Até o final do ano, os 11 territórios ( que são formados a partir da aglomerados de municípios ) receberão técnicos do Planap para a realização dos eventos de capacitação. A metodologia a ser aplicada na elaboração do Planap prevê, a partir da capacitação, a sistematização das informações, oficinas dos aglomerados ( São 33 ) e, dos territórios.

A junção dos municípios obedece a alguns fatores: geográficos, indicadores socio-econômicos e atividades produtivas. No território dos Cocais, por onde começará o trabalho de mobilização, as potencialidades destacam a exploração mineral e vegetal, além da irrigação, que poderá ser desenvolvida a partir do Projeto Tabuleiros de São Bernardo, que foi transferido para a Codevasf.

O Planap também será responsável pelo macrozoneamento da Bacia do Parnaíba, um diagnóstico ambiental da região, que possui 333 mil km ² de extensão. Após sua conclusão, prevista para 18 meses, o Planap trará uma radiografia completa municípios de três estados banhados pelo Rio Parnaíba, apresentando as potencialidades de investimento e de desenvolvimento.