Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2004 > Da Gazeta Mercantil: produtos para atender o Japão
conteúdo

Notícias

Da Gazeta Mercantil: produtos para atender o Japão

Produtores e exportadores de manga baianos fazem os últimos ajustes no processo de produção e benefiamento para exportar o fruto para o Japão. O país asiático decretou, na ultima segunda feira, a liberação para a importação da manga brasileira.
publicado: 06/10/2004 15h10, última modificação: 13/10/2006 10h09

Produtores e exportadores de manga baianos fazem os últimos ajustes no processo de produção e benefiamento para exportar o fruto para o Japão. O país asiático decretou, na ultima segunda feira, a liberação para a importação da manga brasileira.

Para os produtores baianos, mais que um novo e grande mercado que se abre, o exigente Japão funciona como uma carta de referência para o comercio com outros países orientais, como a China, Coréia e os demais “tigres asiáticos”.

Há cerca de 10 anos, o brasil, que já exportava à Europa e canada, conquistou o mercado norte-ameicano A adequação às exigências japonesas é resultado de um trabalho articulado entre governo e iniciativa privada que tem entre as principais frentes de ataque a fitossanidade. Na Bahia, esse trabalho é liberado pela Agencia Estadual de Defesa Agropecuária(Adab), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura , que é responsável pelo monitoramento de doenças e pragas como a mosca-das –frutas, principal praga.