Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2004 > ESPANHÓIS VÃO INVESTIR NO TURISMO E ARTESANATO DO VALE DO PARNAíBA
conteúdo

Notícias

ESPANHÓIS VÃO INVESTIR NO TURISMO E ARTESANATO DO VALE DO PARNAíBA

publicado: 13/07/2004 16h25, última modificação: 17/08/2006 16h06

Estados nordestinos participarão de fóruns institucionais que reunirão empresários brasileiros e espanhóis para o desenvolvimento de ações conjuntas nas áreas de piscicultura, agricultura, turismo e artesanato. Sentido horário: Governador do Piauí, Embaixador da Espanha e o Presidente da CODEVASF
Neste último, uma iniciativa inédita no país vai trazer instrutores da Fundação Espanhola de Artesanato para ministrar cursos para 30 artesãos nordestinos. “A parceria será importante para o estado porque as áreas são as mesmas que estamos priorizando nossas ações”, disse o governador do Piauí, Wellington Dias (PT) ao embaixador José Corderch, durante reunião, realizada nesta manhã (13), na sede da Embaixada da Espanha em Brasília, que contou com a presença do presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Luiz Carlos Everton de Farias.

Os fóruns empresariais sobre o Nordeste estão sendo planejados pelo Governo da Espanha, através da Embaixada, com o apoio dos governos estaduais. No caso do turismo, por exemplo, a intenção é ampliar investimentos espanhóis na região, a exemplo do que já está acontecendo na Praia do Forte(BA) e em Natal (RN). Dias explicou que os estados do Piauí, Maranhão e Ceará estão trabalhando juntos para a consolidação de uma rota turística que ofereça atrativos únicos para os turistas estrangeiros. Com suas dunas e ilhas de manguezais, a região compreendida pelo Delta do Parnaíba (PI), Lençóis (MA) e praias como Jericoacoara (CE) forma um conjunto de atrações que será reforçado com vias de acesso diversificadas. "É o Caribe nordestino, só que melhor", acredita o governador. Hoje, a Espanha tem 150 mil turistas que visitam o Brasil, dos 10 milhões que viajam anualmente pelo mundo. O estímulo para a criação de novas rotas e investimento em hotéis e vias de acesso vai ampliar o número de turistas em toda a região nordeste,acredita o Embaixador.

Os fóruns organizados pela Embaixada da Espanha vão estimular o desenvolvimento de atividades como a pesca marítima e a ovinocaprinocultura, para as quais a Codevasf estará dando apoio. "São áreas que estão contempladas nos Arranjos Produtivos Locais em projetos para o Vale do Parnaíba", explica o presidente da Empresa.

Parte integrante do programa de cooperação, a Mostra de Arte e Cultura Nordestina vai acontecer de 1º a 17 de outubro, na sede da Embaixada. O evento é inspirado na Mostra Piauiense realizada ano passado e será aberto ao público, possibilitando a comercialização de peças a partir do primeiro dia de visitação. Já o curso ministrado pela Escola Espanhola vai acontecer nesse período. Ao final, os participantes, que estão sendo escolhidos nos próprios estados, receberão diplomas da renomada instituição.