Document Actions
Codevasf perde Hildo Diniz

Codevasf perde Hildo Diniz


O superintendente regional da Codevasf no Piauí, Hildo Diniz da Silva, 55 anos, faleceu em Teresina no início da tarde de ontem, quarta-feira, 30, durante uma angioplastia. O velório ocorreu na noite de ontem, no auditório do Ministério da Agricultura em Teresina. Seu corpo será sepultado em Petrolina (PE), onde mora a família. O presidente da Companhia, Orlando Cezar da Costa Castro, e os diretores acompanharão o enterro.

Segundo o presidente, é uma grande perda para a Codevasf. "Hildo era um exemplo de como o homem público deve atuar: com comprometimento, honestidade e coleguismo. Além disso, ele era um grande conselheiro", afirma.

O superintendente tinha ponte de safena e foi internado na terça-feira, 29, quando foi fazer um cateterismo e passou mal. Há 12 anos, Hildo Diniz já havia feito uma cirurgia. Ele sentiu dores no peito e foi submetido a exames. Após um cateterismo, os médicos indicaram que Hildo deveria passar por uma angioplastia, para desobstruir uma artéria do coração.

O governo do estado do Piauí divulgou na noite de ontem nota de pesar pela morte do superintendente da Codevasf no Piauí. A nota, assinada pelo governador Wellington Dias, diz: "o Governo do Piauí manifesta profundo pesar pelo desaparecimento do Engenheiro Agrônomo Hildo Diniz da Silva". Segundo a nota, "o superintendente regional da Codevasf dedicou-se ao trabalho de melhoria das condições de vida do nosso povo, buscando, em sua missão, implantar programas e projetos, liberar obras e implementar ações que mudaram, sobremaneira, a imagem dos municípios piauienses, ao longo de sua gestão, com os benefícios proporcionados pela Companhia". O governador decretou luto oficial por três dias em todo o território estadual.

Diniz nasceu em São Mamede, no interior da Paraíba. Ele era formado em Engenharia Agronômica.

Com informações de Efrém Ribeiro do Jornal Meio Norte

atualizado em 31/01/2008 09:07