Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Codevasf emite ordem de serviço para instalação de 54 pontes em rodovias de Goiás
conteúdo

Notícias

Codevasf emite ordem de serviço para instalação de 54 pontes em rodovias de Goiás

publicado: 30/03/2021 09h00, última modificação: 30/03/2021 09h00

Pontes GoiásO Governo Federal emitiu nesta segunda-feira (29), por meio da Codevasf, ordem de serviço para a instalação de 54 pontes em rodovias não pavimentadas de Goiás. Os investimentos são de R$ 22 milhões e serão realizados com recursos do Governo Federal e de emenda parlamentar ao Orçamento Geral da União. O levantamento realizado para a identificação dos locais prioritários para o recebimento das pontes foi produzido pela Codevasf e pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). As novas pontes facilitarão o escoamento da produção rural e a circulação de pessoas e mercadorias. As obras deverão ser iniciadas em abril.

“Além dessa instalação de pontes estamos realizando em Goiás o fornecimento de equipamentos de produção e infraestrutura e também investimentos em perímetros irrigados do estado”, destacou o diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira, no ato de assinatura da ordem de serviço, na sede da Codevasf, em Brasília. “Há pontes menores que conseguimos executar em prazos bastante reduzidos após a chegada do material na comunidade. Isso é um sinal de credibilidade para a população”, acrescentou.

As pontes serão instaladas em pontos das rodovias GO-116, GO-139, GO-147, GO-156, GO-180, GO-239, GO-306, GO-353, GO-465, GO-467, GO-471, GO-482 e GO-541. As novas estruturas  serão instaladas nos municípios de Bonópolis, Caiapônia, Doverlândia, Formosa, Itapuranga, Alto Paraíso de Goiás, Jataí, Morro Agudo de Goiás, Palestina de Goiás, Porangatu, São João da Aliança, Serranópolis e Silvânia.

“Há trechos que serão 100% recuperados, rotas que vão servir de alívio para vias pavimentadas que estavam sofrendo com excesso de tráfego e que vão passar a ser uma opção”, afirmou na ocasião o presidente da Goinfra, Pedro Henrique Ramos Sales. Entre os benefícios proporcionados pelas novas estruturas, Sales citou o suporte à produção agrícola. “Isso vai abrir hectares de produção de soja em locais onde não se tinha acesso”, disse.

As novas pontes serão de aço e concreto pré-moldado, com extensão de entre 6 e 24 metros. As modernas estruturas substituirão antigas pontes de madeira. De acordo com o levantamento da Codevasf e da Goinfra, muitas dessas pontes antigas apresentam estrutura danificada e situação precária, e representam risco para motoristas e pedestres.

Além da instalação de pontes, a Codevasf executa dentro da sua área de atuação, diretamente ou por meio de convênios com estados e municípios, múltiplas ações de apoio ao desenvolvimento socioeconômico nos meios urbano e rural, como estruturação e suporte a atividades produtivas, aquisição de equipamentos para serviços públicos, infraestrutura de acesso à água e projetos de revitalização hidroambiental.

O ato de assinatura da ordem de serviço para a instalação de pontes em Goiás contou com público restrito em razão da pandemia de Covid-19. Participaram do encontro técnicos da Codevasf, representantes da empresa contratada para a realização das obras e, por meio de videoconferência, o senador Luiz do Carmo.