Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Codevasf apresenta Plano do Canal do Sertão Baiano em audiência da Assembleia Legislativa da Bahia
conteúdo

Notícias

Codevasf apresenta Plano do Canal do Sertão Baiano em audiência da Assembleia Legislativa da Bahia

publicado: 01/10/2021 17h11, última modificação: 08/10/2021 15h59

Canal do Sertão BaianoA Codevasf apresentou nesta semana o plano do Canal do Sertão Baiano a deputados estaduais da Bahia. A apresentação ocorreu em audiência pública promovida pela Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador. O evento contou com a presença de técnicos da Codevasf e representantes da empresa responsável pela elaboração do estudo de viabilidade.

O canal deverá ter extensão de quase 300 quilômetros e beneficiar cerca de 1,5 milhões de pessoas — dos quais mais de 248 mil são produtores rurais. A previsão é de que a obra seja concluída em 10 anos.

O Canal do Sertão Baiano tem por finalidade garantir suprimento hídrico para abastecimento humano, dessedentação animal e agricultura, entre outras atividades. Os investimentos federais na elaboração do projeto básico R$ 20 milhões. O canal deve atender a 44 municípios nas bacias dos rios Itapicuru (21 cidades), Jacuípe (17), Salitre (3), Tatauí (1), Tourão (1) e Vaza Barris (1).

Anselmo BispoA apresentação foi conduzida por Sérgio Antônio Coelho, engenheiro da Codevasf que tem participado das etapas de estudos do projeto. O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro (BA), Anselmo Bispo, participou do evento acompanhado de equipe técnica da 6ª Superintendência Regional.

“O Canal do Sertão Baiano será mais do que uma grande obra, será uma grande ação de desenvolvimento socioeconômico e ambiental, de grande alcance, capaz de promover a diminuição das desigualdades sociais”, avalia Anselmo Bispo.

Canal do Sertão BaianoO plano de implantação prevê a construção de dois sistemas adutores. O Sistema Adutor Salitre, que será construído utilizando parte da infraestrutura do Projeto Público de Irrigação Salitre, ligando o já existente Reservatório de Contenção 500 (RC 500) ao projetado RC 800, de onde a água deverá ser captada. Já o sistema adutor Canal do Sertão Baiano (CSB), dividido em três segmentos, deve ter início no RC 800 e seguir até o município de Senhor do Bonfim, depois, até o município de Ponto Novo; e, por fim, até a barragem de São José do Jacuípe.