Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Codevasf promove acesso de produtores familiares do Médio São Francisco à tecnologia de resfriamento de leite
conteúdo

Notícias

Codevasf promove acesso de produtores familiares do Médio São Francisco à tecnologia de resfriamento de leite

publicado: 07/07/2020 10h53, última modificação: 07/07/2020 10h53

O acesso a um tanque de resfriamento de leite repassado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está estruturando a produção de cerca de 20 famílias que vivem da bovinocultura leiteira na comunidade Palmas e Passos, zona rural do município de Serra do Ramalho (BA), no Médio São Francisco. Agora os produtores familiares de leite experimentam redução nos custos, pois não precisam mais escoar diariamente a produção, o que barateou o custo por litro e aumentou a renda das famílias.

Tanque de leite BAAs famílias fazem a produção de leite organizada na Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Palma e Passos, que teve acesso ao equipamento a partir de investimentos da Codevasf de cerca de R$ 13 mil, com recursos de emenda parlamentar ao Orçamento Geral da União (OGU).

Desde o final do mês de junho deste ano, os associados já contam com o equipamento, que possui capacidade de resfriamento de até 800 litros de leite, podendo armazenar até 40 litros do produto por família, como é o caso da família do produtor familiar José Ribeiro.

“Esse tanque vem beneficiar a muitos produtores daqui, que produzem o seu leite, mas, às vezes, pela pequena quantidade, se torna inviável levar até a Agrovila 9, ou Agrovila 7. Pra mim, terá uma grande serventia, porque eu me desloco aproximadamente 15 quilômetros para a sede de Serra do Ramalho para levar o leite. Se eu tenho capacidade de deixar aqui a cinco quilômetros, terei10 quilômetros de economia. Isso é muito viável para a gente. Sem falar que nos dará oportunidade de dobrar a produção”, comemorou Ribeiro.

A associação já recebeu diversas ações da Codevasf, principalmente com a disponibilização de alevinos e cursos de capacitação na área de piscicultura. A comunidade já está vendendo toda a produção do pescado num contrato do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) com a Prefeitura de Serra do Ramalho, num total de quatro toneladas por ano.

Com mais esse investimento na estruturação de atividades produtivas que aumentam a renda familiar média na região, a associação destacou os investimentos da Codevasf para o desenvolvimento do Médio São Francisco.

“Quero expressar a imensa alegria por receber esse resfriador, não só para a comunidade de Palmas e Passos, mas para toda a população ribeirinha, todos os produtores da região que já produzem e aqueles que ainda não produzem por dificuldades. Diante disso, nós fomos buscar implementos agrícolas junto a Codevasf. E está aqui essa bênção”, afirmou Claudemir Pereira Neto, da Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Palma e Passos.

O superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa (BA) ressaltou que os investimentos do Governo Federal, por meio da Codevasf, buscam efetivar o desenvolvimento regional nos municípios do sertão baiano.

“Estamos trazendo o desenvolvimento para essa comunidade tão sofrida, mas cheia de esperança de progredir. Como representantes do Governo Federal, precisamos conhecer as boas iniciativas. A Associação de Palmas e Passos é um ótimo exemplo. Acreditamos no potencial e os seus associados acreditaram ainda mais na potencialidade da comunidade e os resultados estão aparecendo”, declarou Harley Nascimento.