Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Codevasf e MDR entregam dois sistemas de esgotamento sanitário em MG
conteúdo

Notícias

Codevasf e MDR entregam dois sistemas de esgotamento sanitário em MG

publicado: 06/11/2020 20h16, última modificação: 06/11/2020 20h18

Governo Federal investiu R$ 31,8 milhões nas obras em Bocaiúva e Matias Cardoso

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Marcelo Moreira, inauguraram nesta sexta-feira (6) dois sistemas de esgotamento sanitário em Minas Gerais, nos municípios de Bocaiúva e Matias Cardoso. Os investimentos do governo federal nas obras somam R$ 31,8 milhões; 48 mil pessoas serão diretamente beneficiadas.

Matias Cardoso (MG)Em Bocaiúva, 42,2 mil pessoas serão atendidas; o investimento no município foi de R$ 15 milhões. Em Matias Cardoso, o sistema atenderá 6 mil pessoas — investimento de R$ 16,8 milhões.

Os sistemas foram implantados nas sedes dos municípios e possuem infraestrutura de coleta, transporte, tratamento e destinação dos efluentes. “Saneamento traz mais qualidade de vida à população, contribui com a redução de doenças e dos gastos em saúde, além de ser fundamental na preservação do meio ambiente e dos nossos recursos hídricos”, afirma o ministro Rogério Marinho.

O sistema implantado em Bocaiúva é composto por 27 mil metros de rede coletora, 954 ligações prediais, três mil metros de rede interceptora, quatro estações elevatórias e uma estação de tratamento, entre outras estruturas. “A qualidade das águas do Córrego Angico e do Rio Guavinipan vai melhorar cada vez mais. Hoje não mais recebem a quantidade de esgoto bruto que recebiam e não mais receberão, abrindo-se um novo ciclo no equilíbrio da bacia hidrográfica, com impacto positivo na região”, ressalta o diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira.

Bocaiúva (MG)Em Matias Cardoso, entre as estruturas implantadas estão 22 mil metros de rede coletora, duas estações elevatórias, 1.150 ligações prediais e uma estação de tratamento.

Por meio de sua superintendência regional sediada em Montes Claros (MG), a Codevasf já realizou 52 obras de esgotamento sanitário no estado de Minas Gerais. O investimento total nessas obras supera R$ 400 milhões; mais de 830 mil pessoas são beneficiadas.