Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Codevasf participa de projeto sobre mudança climática
conteúdo

Notícias

Codevasf participa de projeto sobre mudança climática

publicado: 12/07/2019 11h38, última modificação: 12/07/2019 11h51

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) foi uma das empresas participantes do projeto para consolidação de indicadores do Sistema Brasileiro de Monitoramento e Observação dos Impactos das Mudanças Climáticas (Sismoi), desenvolvido pelo Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST), órgão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

 O engenheiro agrônomo Joselito Menezes de Souza, gerente regional de Gestão Estratégica da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro, foi convidado para representar a Companhia no projeto. Para ele, “a parceria com Inpe/CCST, por meio da plataforma de informações Sismoi, será muito útil ao planejamento estratégico das ações e projetos empreendidos pela Codevasf em sua área de atuação, notadamente nas novas áreas que foram recém-incorporadas, com resultados diretos na eficiência do uso dos recursos públicos e na qualidade do atendimento às demandas das populações.”

 O principal objetivo do projeto é reunir informações científicas relativas aos impactos das alterações climáticas no país numa plataforma digital. Atualmente, essas informações encontram-se dispersas em bancos de dados de diferentes instituições, o que, segundo os especialistas do CCST, pode dificultar o acesso dos gestores de instituições científicas governamentais ou não na tomada de decisões.

 Foco no Semiárido

No final de junho, aconteceu, em Campina Grande (PB), o primeiro encontro público promovido pelo Inpe/CCST sobre a nova plataforma digital. O foco foi o Semiárido. Por meio da formação de grupos de trabalho, foram captados dados referentes à situação climática da região semiárida no decorrer do tempo, o que vai servir de base para a consolidação de um banco de dados preliminar. A partir da análise dos indicadores já fornecidos foram realizadas as adequações, inclusão/retirada e avaliação dos intervalos de referência de indicadores de impacto climático nas seguranças hídrica, alimentar e energética.

 A plataforma Web do Sismoi com os indicadores consolidados ficará disponível em breve. Num primeiro momento, ela será dinâmica, podendo ser editada pelos participantes vinculados ao sistema, apresentando espaço para que indicadores e opções possam ser modificados.