Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Workshop dos setores de frutas, alimentos e produção orgânica
conteúdo

Notícias

Workshop dos setores de frutas, alimentos e produção orgânica

Com apoio da Codevasf, acontece, na próxima segunda-feira, 23, em Petrolina (PE), workshop dos setores de frutas, alimentos e produção orgânica no Brasil. O objetivo é contribuir para fortalecer a cadeia da agricultura orgânica no vale do São Francisco. A ação faz parte das atividades de apoio à internacionalização realizadas por meio do Projeto de Apoio à Inserção Internacional de Pequenas e Médias Empresas (PAIIPME), executado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e cofinanciado pela União Europeia.
publicado: 17/05/2011 17h04, última modificação: 20/06/2018 17h10

Com apoio da Codevasf, acontece, na próxima segunda-feira, 23, em Petrolina (PE), workshop dos setores de frutas, alimentos e produção orgânica no Brasil. O evento será realizado no Auditório do Senai (Av. Monsenhor Ângelo Sampaio, 267), das 9h às 17h45. Mais informações podem ser obtidas no site: www.paiipme.com.br.

O objetivo é contribuir para fortalecer a cadeia da agricultura orgânica no vale do São Francisco. A ação faz parte das atividades de apoio à internacionalização realizadas por meio do Projeto de Apoio à Inserção Internacional de Pequenas e Médias Empresas (PAIIPME), executado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e cofinanciado pela União Europeia.

A programação conta com palestras de renomados especialistas da área, como Eduardo Trasano Gadrét (Inmetro), abordando a “Situação da legislação brasileira no setor de alimentos/Estudo sobre o setor de alimentos na UE e sistema de informações sobre exigências técnicas para o setor” e Patrícia Ruiz (CNTA – Centro Nacional de Tecnologia y Seguridad Alimentaria – Espanha), explanando sobre “Disseminação da tecnologia de embalagem de frutas processadas”, dentre outros palestrantes. A Codevasf participa da programação com a palestra “Certificação Participativa”, com Osnan Soares. Confira a programação completa clicando aqui.

AÇÃO CONJUNTA

Além de Petrolina, outras cidades sediaram o workshop, no período de 16 a 24 de maio: Porto Alegre (RS) - 16/05, Vitória (ES) - 19/05, Rio de Janeiro (RJ) – 20/05 , Recife (PE) – 23/05 e Belo Horizonte (MG) - 24/05. Os eventos foram pensados de acordo com as necessidades de cada estado. Em Porto Alegre, o foco será a produção e adequação do mercado de bebidas, enquanto em Vitória, o debate girará em torno da produção de frutas. Já no Rio de Janeiro, onde o Inmetro conduz o evento, as discussões enfocarão sobre certificações técnicas. Em Petrolina e em Belo Horizonte, os workshops terão como foco, respectivamente, a produção de produtos orgânicos e a produção de frutas processadas/cristalizadas e laticínios.

Federações e institutos representantes do setor de alimentos fazem parte dessa ação conjunta de capacitação de pequenas e médias empresas para adequação de produtos nacionais às exigências do mercado europeu. Estão envolvidas as Federações das Indústrias dos estados de Pernambuco (Fiepe), de Minas Gerais (Fiemg), do Rio Grande do Sul (Fiergs), além do Instituto Brasileiro de Frutas (Ibraf), Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e Sebrae/ES.


SAIBA MAS SOBRE O PAIIPME

O PAIIPME é fruto de um acordo de cooperação entre Brasil e União Europeia para a inserção competitiva das PME brasileiras no mercado europeu. Com um orçamento de 44 milhões de euros (metade proveniente de fundos não-reembolsáveis da União Europeia e metade proveniente de fundos brasileiros de origem pública e privada), é o maior projeto de cooperação técnica cofinanciado pela União Europeia em execução na América Latina. Suas ações acontecem por meio de parcerias com entidades nacionais, setoriais e locais, públicas e privadas.

O MDIC, órgão brasileiro beneficiário dos recursos europeus destinados ao PAIIPME, delegou à ABDI a responsabilidade de executar as atividades de implementação e gestão do Projeto. A iniciativa já beneficiou mais de 2.500 PME, com ações de assistência técnica, formação de recursos humanos, aquisição de equipamentos de alta complexidade tecnológica, intercâmbio entre instituições homólogas, capacitação empresarial e realização de estudos.

Com informações do site www.paiipme.com.br.