Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Projeto Saberes das Águas
conteúdo

Notícias

Projeto Saberes das Águas

Para dar continuidade à segunda fase do Projeto Saberes das Águas, a sua coordenação firmou parceria com instituições públicas e privadas, em dezembro de 2006
publicado: 20/03/2007 10h46, última modificação: 20/06/2018 17h07


Para dar continuidade à segunda fase do Projeto Saberes das Águas, em dezembro de 2006 a sua coordenação firmou parceria com instituições públicas e privadas como a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, a Codevasf/Gerência de Desenvolvimento Territorial/ Projeto Amanhã, as Colônias de Pescadores, prefeituras dos municípios atendidos e a Agência Fluvial de Bom Jesus da Lapa. Já estão formadas 108 turmas com cerca de 2.300 alunos cadastrados.

Na primeira fase do Saberes das Águas, iniciada em novembro de 2005, foram alfabetizados 2.900 alunos. Por ser específico para as comunidades pesqueiras, alguns cuidados foram tomados, respeitando as características da atividade pesqueira e os horários diferenciados, além de aproveitar as épocas de defeso das espécies (quando a pesca fica proibida) para intensificar as aulas.

Durante os cursos, identificou-se que parcela significativa dos pescadores apresentava dificuldade de aprendizagem em decorrência dos problemas de visão, causados entre outros fatores, pelo reflexo do sol na água do rio o que, na maioria dos casos, gera evasão escolar. Entre as ações desta segunda fase, tem destaque a realização de um mutirão de assistência oftalmológica nos municípios de Barra, Xique-Xique, Remanso e Pilão Arcado, para a realização de consultas e fornecimento de óculos aos pescadores cadastrados nas duas etapas do Projeto.

BARCO

A proposta é de que esse mutirão, em fase de articulação, seja realizado por médicos do Governo do Estado da Bahia que deverão realizar as consultas de modo itinerante na embarcação Saldanha Marinho da Agência Fluvial de Bom Jesus da Lapa. O barco deve percorrer o São Francisco, após as adaptações necessárias à garantia de salubridade, com paradas previstas nos quatro municípios. A previsão é de que o trabalho seja realizado até julho deste ano.

O Saberes das Águas é um projeto de alfabetização de pescadores no âmbito do Brasil Alfabetizado, que o Ministério da Educação e a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (SEAP) vêm desenvolvendo com diversas parcerias junto aos pescadores artesanais, jovens e adultos, nos municípios às margens do Rio São Francisco, na Bahia - Barra, Xique-xique, Pilão Arcado e Remanso. O Projeto segue a proposta pedagógica do Projeto Pescando Letras que até o momento já alfabetizou 100 mil pescadores e familiares.