Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Produção de perímetros do Baixo São Francisco terá escoamento facilitado
conteúdo

Notícias

Produção de perímetros do Baixo São Francisco terá escoamento facilitado

A produção agrícola dos perímetros irrigados do Baixo São Francisco terá seu escoamento facilitado. A Codevasf firmou, nesta quarta-feira (31), um termo de compromisso com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedurb) de Sergipe para realizar a pavimentação das principais vias de escoamento dos perímetros irrigados Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume. A ação integra o programa Mais Irrigação e visa, além de facilitar o escoamento da produção agrícola, reduzir custos para os irrigantes.
publicado: 31/07/2013 17h29, última modificação: 20/06/2018 17h17

A produção agrícola dos perímetros irrigados do Baixo São Francisco terá seu escoamento facilitado. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) firmou, nesta quarta-feira (31), um termo de compromisso com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedurb) de Sergipe para realizar a pavimentação das principais vias de escoamento dos perímetros irrigados Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume. A ação integra o programa Mais Irrigação e visa, além de facilitar o escoamento da produção agrícola, reduzir custos para os irrigantes.

O termo de compromisso assinado pelo superintendente regional da Codevasf, Paulo Viana, e pela secretária estadual do Desenvolvimento Urbano, Lúcia Falcon, prevê que a Sedurb será responsável por realizar a licitação da pavimentação granítica de aproximadamente 31,5 quilômetros de acessos que servem os perímetros. Os recursos já foram empenhados pela Codevasf e a expectativa é de que as obras sejam iniciadas dentro de 45 dias, ao término do processo licitatório.

O superintendente regional da Codevasf, Paulo Viana, afirmou que a reabilitação dos perímetros irrigados do Baixo São Francisco significa uma vitória para a Companhia e para Sergipe. “Essa parceria entre o governo do estado e a Codevasf foi uma forma de agilizar a aplicação de recursos. A população demanda a revitalização total dos perímetros, com a reabilitação de bombas e canais. Mas podemos assegurar que todas as ações do Mais Irrigação serão encaminhadas até o final do ano”, declarou.

Paulo Viana disse que o volume de recursos destinado pelo programa Mais Irrigação é comparável somente aos investimentos feitos durante a implantação dos perímetros, há mais de 30 anos. “Se mesmo enfrentando dificuldades os produtores deram exemplo de produtividade na rizicultura, alcançando um recorde nacional, depois desses investimentos vamos garantir condições melhores para a produção agrícola nos próximos anos”, pontuou o superintendente.

Durante a assinatura do documento, Paulo Viana e a secretária Lúcia Falcon debateram a situação dos perímetros irrigados do Baixo São Francisco e discutiram ideias para impulsionar a produção agrícola na região. Lúcia Falcon também parabenizou o trabalho realizado pela Codevasf na área de agricultura irrigada e reafirmou o compromisso da Sedurb em dar celeridade à execução dos serviços de pavimentação.

A próxima ação do programa Mais Irrigação em Sergipe será a licitação de serviços de reabilitação do sistema de drenagem dos perímetros; a reabilitação de canais terá concorrência pública lançada em breve. Também está pronto o edital de licitação para aquisição de máquinas e equipamentos de suporte às atividades de operação e manutenção dos perímetros.

Foto: Divulgação / MI

Ouça a notícia da Rádio Codevasf:

http://www.codevasf.gov.br/principal/promocao-e-divulgacao/central-de-radio/materias-e-entrevistas-2013/02-producao-da-regiao-do-baixo-sao-francisco-tera-escoamento-facilitado.mp3