Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Peixamento Sanitário na Bahia
conteúdo

Notícias

Peixamento Sanitário na Bahia

Operação de combate às larvas de mosquitos e caramujos da esquistossomose
publicado: 03/01/2007 09h34, última modificação: 20/06/2018 17h06


No ultimo dia 27 de dezembro, a Superintendência Regional Codevasf na Bahia, por meio  da Estação de Piscicultura de Ceraíma, juntamente com a Prefeitura Municipal de Guanambi - Secretaria de Saúde, Vigilância Epidemiológica e Secretaria de Agricultura, Indústria e Comércio - realizaram peixamentos das lagoas públicas de Guanambi, com o objetivo de combater, inicialmente, larvas de mosquitos como o da dengue, e o caramujo da esquistossomose e, em longo prazo, proporcionar alternativa de renda e alimento para famílias que moram próximas às lagoas.

Ao todo as lagoas de Guanambi, sede e distritos, receberam 100.000 alevinos de tilápia e tambaqui. As tilápias se alimentam de larvas de mosquitos que ficam depositadas nas lagoas e o tambaqui se alimenta também dos caramujos da esquistossomose, e ambas as espécies de peixes poderão ser consumidas pela população das margens, a partir de quatro meses.

Portanto, essa atividade irá diminuir a proliferação de mosquitos no período de verão, contribuir para redução do vetor da esquistossomose e também servirá como fonte de renda e alimentação de muitas famílias da região.

Estiveram presentes à atividade técnicos da Estação de Piscicultura de Ceraíma, o Secretário de Saúde de Guanambi, Dr. Luiz Mariano, o diretor de departamento da POLIMEG, Adalgísio Lélis Costa e o chefe da Vigilância Epidemiológica, Ernivaldo Pereira Viana.