Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Intercâmbio técnico na Bahia
conteúdo

Notícias

Intercâmbio técnico na Bahia

Cerca de oito técnicos agrícolas e engenheiros agrônomos contratados pelo consórcio das empresas Plena e Projetec, que prestam serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no projeto Salitre, participaram no início da semana de um intercâmbio técnico com profissionais que atuam nos perímetros irrigados de Maniçoba e Curaçá em Juazeiro, no norte da Bahia. O objetivo principal foi conhecer o trabalho desenvolvido pelas equipes técnicas de ambos os perímetros.
publicado: 12/08/2010 12h57, última modificação: 20/06/2018 17h09

Cerca de oito técnicos agrícolas e engenheiros agrônomos contratados pelo consórcio das empresas Plena e Projetec, que prestam serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no projeto Salitre, participaram no início da semana de um intercâmbio técnico com profissionais que atuam nos perímetros irrigados de Maniçoba e Curaçá em Juazeiro, no norte da Bahia. O objetivo principal foi conhecer o trabalho desenvolvido pelas equipes técnicas de ambos os perímetros.

Em Maniçoba, o gerente executivo, Valter Matias, fez uma palestra sobre o sistema de gestão do perímetro. Em outra apresentação, o coordenador de ATER, Valdemir Pinheiro, mostrou os resultados alcançados pela equipe no ano de 2009.

Em seguida, o grupo visitou a Associação Manga Brasil e alguns lotes de pequenos produtores responsáveis pelo cultivo de mamão, manga e banana.

No perímetro de Curaçá, a coordenadora de ATER, Socorro Borges, também fez uma apresentação dos resultados obtidos pela equipe no ano passado, e em seguida levou o grupo para um momento de interação com pequenos produtores do perímetro.

Acompanharam a equipe de técnicos agrícolas o engenheiro agrônomo Rubens Aguiar, responsável pela coordenação da equipe de ATER do Salitre, o fiscal do contrato Plena/Projetec e funcionário da Codevasf, João Tosta, e a fiscal do contrato de ATER dos perímetros de Maniçoba e Curaçá, Greice Kelly.

Segundo João Tosta, “a iniciativa serviu como uma troca positiva de experiências sobre o trabalho de ATER em perímetros irrigados, o que vai ajudar em muito o desenvolvimento de serviços semelhantes no Projeto Salitre”.