Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > II Jaíba Show
conteúdo

Notícias

II Jaíba Show

Foi aberto, na última segunda-feira (24), o II Jaíba Show, na fazenda experimental da Epamig, em Mocambinho, distrito de Jaíba (MG)
publicado: 26/09/2007 16h08, última modificação: 20/06/2018 17h08

Foi aberto, na última segunda-feira (24), o II Jaíba Show, na fazenda experimental da Epamig, em Mocambinho, distrito de Jaíba (MG). O encontro reúne mais de mil participantes, entre empresários do agronegócio, pequenos e médios produtores do perímetro, técnicos e agentes financeiros da região. O evento tem como foco estratégico atrair investimentos, promover a transferência e a difusão de tecnologia, além de fomentar o relacionamento entre os agroempreendedores e órgãos de prospecção de mercado do Brasil e do Exterior.

Na abertura do encontro, o diretor da Área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação da Codevasf, Raimundo Deusdará Filho, representando o presidente da Companhia, Orlando Castro, ressaltou o Jaíba como modelo de sucesso de perímetro público irrigado. "As ações do governo federal, por meio da Codevasf e do governo de Minas Gerais, destacam o perímetro Jaíba como exemplo de união, garra e persistência de organismos públicos na busca do desenvolvimento sustentável de uma região", afirma Deusdará.

O diretor disse ainda que, há três meses, a Codevasf está retomando as ações de irrigação no vale do rio São Francisco, resgatando esse espaço na Empresa. Confirmando essa postura, informou que a licitação dos lotes empresariais da gleba C2, no perímetro Jaíba, já está em fase final. Serão mais 3.200 hectares, divididos em 136 lotes, colocados em processo produtivo. Citou também o empenho do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima e do presidente da Codevasf na execução das obras de saneamento básico que estão sendo desenvolvidas em Minas, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, como ações estruturantes e complementares ao bem estar social e desenvolvimento regional.

ENTREGA MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

Como parte da solenidade de abertura do II Jaíba Show, a Codevasf, em atendimento a um termo de ajustamento de conduta firmado com o Ministério Público Federal de Minas Gerais, Incra, Ruralminas e Seplag/MG, entregou à Associação dos Pequenos Irrigantes do Jaíba – Área A (ASSIJA), um Centro Social Comunitário na gleba A; três tratores agrícolas; três grades aradoras; três carretas agrícolas e, em parceira com a Ruralminas, um lote agrícola de cinco hectares, na gleba A, para uso comunitário.

O diretor da Codevasf, Raimundo Deusdará, disse, na oportunidade, que a Companhia está resgatando uma dívida de mais de 15 anos com 212 pequenos produtores daquele perímetro de irrigação. O presidente da ASSIJA, Avelino Nogueira, agradeceu o emprenho de todos os dirigentes da Codevasf na solução de um problema que se arrastava por mais de uma década e meia. Para o dirigente classista, o assentamento das 212 famílias em lotes agrícolas de cinco hectares, com toda infra-estrutura de irrigação montada e com o recebimento desse maquinário, é a realização de um sonho dos produtores.

AVALIAÇÃO POSITIVA

Presente ao evento, o secretário de agricultura de Minas, Gilman Viana, representando o governador mineiro, enalteceu a parceria da Codevasf com o Governo de Minas. "A sintonia tem sido estreitada nos últimos anos, graças ao trabalho do superintendente da Companhia em Minas, Anderson Chaves". Para ele, a parceria tem sido bastante proveitosa, não só na região do Jaíba, mas em todo o vale do São Francisco. "O produtor rural se quiser prosperar, tem que se capacitar, tem que ter interesse e competência para administrar. E no Jaíba, a Codevasf e o governo estadual estão dando esta oportunidade. Cabe a eles aproveitá-las, pois esse é o caminho", frisa o secretário Viana.

Para Elbe Brandão, secretária para Assuntos Extraordinários dos vales do Jequitinhonha, Mucuri e região norte de Minas, a Codevasf sempre teve participação decisiva no desenvolvimento da região, principalmente nos últimos anos, quando a atual direção regional da Empresa aumentou a sua parceria de trabalho com o governo mineiro, por meio de vários órgãos, como Ruralminas e Emater.