Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Cultura em Alagoas
conteúdo

Notícias

Cultura em Alagoas

A Dança do Coco foi uma das atrações da II Exposição Agropecuária e Cultural do Baixo São Francisco em Alagoas
publicado: 20/11/2007 08h55, última modificação: 20/06/2018 17h08


A Dança do Coco foi uma das atrações da II Exposição Agropecuária e Cultural do Baixo São Francisco em Alagoas, realizada de 14 a 16 deste mês na orla fluvial da cidade de Penedo. A apresentação foi do grupo Caçuá, formado por jovens e adultos da cidade alagoana de Piaçabuçu. Com letras que falam sobre a retirada do coco e a vida pacata às margens do rio São Francisco, a Dança do Coco apresentada pelo Caçuá chamou a atenção pela beleza vocal e musical, que garantiram um bom público durante a apresentação do dia 15, data do feriado em comemoração à instauração da República no Brasil. Também de Piaçabuçu veio a banda Casa de Taipa, que encantou o público com um bonito repertório de músicas regionais, exaltando o rio, o homem e a natureza, e chamando a atenção para a necessidade da preservação ambiental.

De Maceió veio o Grupo Musical Cumbuca. Acostumado com numerosas platéias, ele encantou o público com o melhor da música regional nordestina e, principalmente, alagoana, com a presença de ritmos fortes como o baião, o xote, o xaxado e até o maracatú rural.

Outras atrações que chamaram a atenção dos participantes da II Exposição Agropecuária e Cultural do Baixo São Francisco foram os grupos “Pastoril da Melhor Idade”, de Penedo, “Guerreiro Mirim” e “Côco de Roda do Peba”, ambos de Piaçabuçu.

Segundo o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nélson Azevedo de Oliveira, “o sucesso do evento já era esperado, uma vez que no ano passado a exposição foi uma das atrações que mais chamaram a atenção durante a programação da Jornada Cultural do Penedo, que é realizada durante o mês de novembro. Resultados como esses têm nos incentivado a programar e realizar essa exposição nos próximos anos também.”