Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Conselho gestor da APA da Marituba do Peixe focará educação ambiental em 2011
conteúdo

Notícias

Conselho gestor da APA da Marituba do Peixe focará educação ambiental em 2011

A educação ambiental será um dos focos em 2011 de atuação do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) de Marituba do Peixe, que realizou sua última reunião do ano na quinta-feira, 9 de dezembro. As ações terão três contextos de atuação: demarcação, materialização e caracterização fundiária, recomposição vegetal e capacitação do conselho gestor e comunidades.
publicado: 14/12/2010 11h42, última modificação: 20/06/2018 17h10

A educação ambiental será um dos focos em 2011 de atuação do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) de Marituba do Peixe, que realizou sua última reunião do ano na quinta-feira, 9 de dezembro. As ações terão três contextos de atuação: demarcação, materialização e caracterização fundiária, recomposição vegetal e capacitação do conselho gestor e comunidades.

Na reunião, realizada em Coruripe (AL) na Reserva Ecológica Pau Brasil da Usina Coruripe, uma das instituições com assento no Conselho Gestor, os conselheiros avaliaram a proposta para desenvolvimento de ações de educação ambiental no território da APA dentro de um convênio firmado entre a Codevasf e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

Para isso, será realizada uma licitação para contratação de empresa especializada que irá executar ações como produção de vídeo e demais materiais educativos, articulação da comunidade local, identificação de fonte de degradação, estruturação de banco de sementes, capacitação dos conselheiros e de membros das comunidades residentes na área de proteção ambiental, entre outras.

De acordo com Valdemira Chagas, no início de janeiro deve ter início o processo de licitação para contratação da empresa. “Nosso objetivo é começar as atividades até o início de março. Com isso, colocaremos a educação ambiental como principal ferramenta de transformação dessas comunidades, colocando-as como responsáveis pela conservação desse ecossistema”, explicou.

A Codevasf participa do Conselho Gestor da APA da Marituba do Peixe com dois representantes: o engenheiro de pesca Eduardo Motta, que ocupa a vice-presidência do colegiado, e o engenheiro agrônomo Pedro Melo, chefe da Unidade de Meio Ambiente da Gerência Regional de Revitalização das Bacias Hidrográficas (GRR/UMA).

Segundo Pedro Melo, para a execução da demarcação da área de preservação ambiental da Marituba do Peixe, a Codevasf está investindo pouco mais de R$ 2 milhões para delimitar o uso e a ocupação do solo e para implantação do Programa de Educação Ambiental, a ser desenvolvido após licitação da Semarh. “Já colhemos alguns resultados importantes, como a implantação de 241 módulos sanitários em diversos povoados existentes na área e a elaboração do plano de manejo, documento que orienta as ações ambientais da Codevasf na Marituba”, afirmou o chefe da Unidade de Meio Ambiente da Codevasf em Alagoas.

Após a reunião do conselho, a Codevasf realizou um peixamento em um dos afluentes do rio Piauí com a inserção de cerca de 300 mil alevinos das espécies curimatã pacu e piau. Em seguida, os conselheiros realizaram uma confraternização para celebrar os resultados das ações no ano de 2010.