Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf entrega mais 5,2 mil metros de pavimentação asfáltica
conteúdo

Notícias

Codevasf entrega mais 5,2 mil metros de pavimentação asfáltica

O Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho acaba de receber mais de 5 mil metros de pavimentação asfáltica concluídos.
publicado: 06/08/2012 16h39, última modificação: 20/06/2018 17h13

O Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho acaba de receber mais de 5 mil metros de pavimentação asfáltica concluídos. Depois do Núcleo de Moradia 4 (N4) e do Centro de Serviços 2 (C2), cuja pavimentação asfáltica foi concluída em junho passado, é a vez dos moradores do Núcleo de Moradias 3 (N3) comemorarem. A Codevasf concluiu a pavimentação dos 5.525 metros que representam as principais vias do núcleo. Além deste, já estão próximos da conclusão os trechos do Núcleo de Moradias 1 (N1), com 3.268 metros, dos quais 3.148 já estão prontos, e do Núcleo de Moradias 5 (N5), maior trecho previsto na obra, com 9.397 metros, dos quais 9.037 já estão prontos.

As obras têm valor total orçado em R$ 16,4 milhões. Esse valor prevê a pavimentação de trechos dos Núcleos de Moradias 1 ao 12, Centros de Serviços 1 e 3, Bebedouro, Nova Descoberta, entre outros, além dos já concluídos N1, N4 e C2, que totalizarão quase 77 quilômetros de rodovias devidamente asfaltadas.

A moradora Maria de Fátima Batista de Souza, 31 anos, ressaltou a importância da obra para a população.  “A chegada do asfalto facilitou muito a nossa vida. Antes era muita poeira, passava o dia todo limpando a casa”, comemora. “Agora pode passar carro, caminhão, qualquer coisa que não dá poeira. E na chuva, então, vai ficar ótimo, sem tanta poça por tudo que é canto”.

Fátima mora no N5 com a mãe, que sofre de rinite alérgica. “Até a doença de mãe melhorou depois do asfalto”. Ela diz que sua mãe não sofre mais com os constantes espirros e coriza resultantes da doença.

A nova pavimentação dos núcleos habitacionais também é benéfica aos caminhoneiros, que, em época de colheita, passam diversas vezes por dia pela estrada, transportando as frutas dos lotes irrigados para as agroindústrias e aeroporto. Com o novo pavimento, não apenas a população das redondezas será beneficiada, mas também os donos dos carros e caminhões que passam por ali, pois a suspensão de seus veículos não mais sofrerá com os buracos das ruas sem calçamento.