Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf e parceiros promovem Dia de Campo de ovinocaprinocultura em Piaçabuçu (AL)
conteúdo

Notícias

Codevasf e parceiros promovem Dia de Campo de ovinocaprinocultura em Piaçabuçu (AL)

Produtores familiares de ovinos e caprinos do município de Piaçabuçu participaram nesta quinta-feira (29) de um dia de campo no povoado Bonito, próximo à foz do rio São Francisco. O encontro foi uma oportunidade para a troca de experiências entre criadores do sertão alagoano e para contato com tecnologias que estão impulsionando a atividade em Alagoas, a exemplo do bodemóvel – um veículo adaptado para servir de laboratório móvel para controle de sanidades e melhoramento genético de caprinos e ovinos. O bodemóvel foi adquirido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em 2009 e repassado à Cooperativa de Agricultores Familiares de Delmiro Gouveia (Coofadel).
publicado: 29/08/2013 18h04, última modificação: 20/06/2018 17h17

Produtores familiares de ovinos e caprinos do município de Piaçabuçu participaram nesta quinta-feira (29) de um dia de campo no povoado Bonito, próximo à foz do rio São Francisco. O encontro foi uma oportunidade para a troca de experiências entre criadores do sertão alagoano e para contato com tecnologias que estão impulsionando a atividade em Alagoas, a exemplo do bodemóvel – um veículo adaptado para servir de laboratório móvel para controle de sanidades e melhoramento genético de caprinos e ovinos. O bodemóvel foi adquirido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em 2009 e repassado à Cooperativa de Agricultores Familiares de Delmiro Gouveia (Coofadel).

Durante o dia de campo, os criadores de Piaçabuçu puderam participar de palestras e atividades práticas de controle de sanidades e de reprodução. As palestras foram realizadas pelo presidente da Coofadel, Pedro Soares Neto, e pelo gestor do arranjo produtivo local (APL) da ovinocaprinocultura do sertão de Alagoas, Reginaldo Souza.

Temas como manejo sanitário e manejo reprodutivo em ovinos foram tratados nas exposições. Os participantes ainda puderam participar de atividades práticas, como o controle de sanidades realizado no bodemóvel com a coleta de fezes de animais levados pelo participantes.

O povoado Bonito possui uma tradição secular na criação desses animais de forma extensiva. Hoje, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Agricultura de Piaçabuçu, somente no povoado Bonito o rebanho de ovinos e caprinos chega a aproximadamente mil animais, que são criados em espaço dividido por toda a comunidade, conhecido como “Curral ou Chiqueiro do Bonito”. Neste local os criadores realizam o manejo e a comercialização de animais há mais de 100 anos.

Ampliando conhecimento

Maria Oliveira tem 72 anos. Nascida e criada no povoado, ela cresceu em meio aos ovinos e caprinos de seus avós e pais e também utiliza o “Curral do Bonito”. Para ela, o dia de campo é uma boa oportunidade para que as famílias que já criam seus animais possam acumular maior conhecimento para o sucesso do rebanho.

“Quando eu nasci, meus pais já criavam ovelhas, e a tradição na família tinha sido transmitida pelos meus avós. Fui criada tomando leite de cabra, o que é muito saudável. A realização desse dia de campo é uma benção para os produtores de Bonito, pois somos um povoado muito simples e pequeno em que a maioria das famílias vive da atividade rural. Quem não está na atividade, com certeza vai começar”, afirmou Maria Oliveira, que também é presidente da Associação dos Moradores do Povoado Bonito.

Luiz Antônio tem 30 anos e também recebeu dos pais os ensinamentos sobre a criação de ovinos e caprinos. Segundo ele, desde cinco anos de idade acompanha os pais na atividade. “Tenho cerca de 25 cabeças que crio no 'Chiqueiro do Bonito', onde também vendo os animais. Tenho conseguido comercializar por um preço que chega até R$ 150,00 cada animal”, declarou. Ele se mostrou satisfeito com as palestras do dia de campo e disse que pretende compartilhar os conhecimentos com os criadores que não puderam participar da atividade.

De acordo com o secretário de agricultura de Piaçabuçu, Joaquim Eugênio, a ideia de trazer o bodemóvel para capacitação dos criadores do município surgiu durante a realização da 7ª edição da Exposição Agropecuária e Cultural do Baixo São Francisco, evento que a Codevasf realiza anualmente no segundo semestre do ano em Penedo (AL). “Participei de algumas palestras durante o evento e numa delas conheci o projeto Bioma Caatinga de Fortalecimento da Cadeia da Ovinocaprinocultura no Alto Sertão de Alagoas, e também o bodemóvel adquirido pela Codevasf. Como a prefeitura de Piaçabuçu está atuando para organizar a atividade aqui no município, fiz o convite para que realizássemos um dia de campo com os criadores locais”, explicou.

O secretário de agricultura de Piaçabuçu também afirmou que a atividade, apesar de secular, ainda é desenvolvida de forma extensiva, com criação em diversos currais comunitários, a exemplo do que fica situado em Bonito. Mas a prefeitura, de acordo com ele, pretende estimular a formação de associação que represente os criadores locais.

“Estimamos que existem cerca de 2 mil animais entre ovinos e caprinos. A grande maioria desses animais é criada nos currais comunitários, que considero uma forma de associativismo. A realização desse dia de campo vai nesse sentido, de estimular a adoção de tecnologias a partir da experiência da Coofadel no sertão de Alagoas, e de fomentar a associação entre os criadores para fortalecer a atividade na região”, informou  Joaquim Eugênio.

O dia de campo foi organizado pela prefeitura de Piaçabuçu, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, e contou com o apoio da Codevasf, da Secretaria de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Agrário de Alagoas (Seagri/AL), do Arranjo Produtivo Local de Ovinocaprinocultura no sertão de Alagoas da Secretaria de Estado do Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Alagoas (Seplande) e da Coofadel. A Codevasf foi representada no evento pelo engenheiro agrícola Kyrankeneth Pereira da Unidade Regional de Desenvolvimento Territorial da Codevasf em Alagoas.

Para a prefeita de Piaçabuçu Lúcia Marinho, que também participou do dia de campo, a ovinocaprinocultura é uma atividade econômica que ganha cada vez mais espaço na economia do município. “A criação de ovinos e caprinos tem ganhado cada vez mais espaço em Piaçabuçu. Culturas como a produção de coco estão dando lugar a ovinocaprinocultura como principal fonte de renda. Para isso, contamos com instituições como a Codevasf para essa caminhada, que é apoiar o criador familiar. Esse dia de campo é o primeiro passo para que essa atividade ande lado a lado com outras tradicionais do município, como o turismo”, apontou.

Para o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Luiz Alberto Moreira, o dia de campo foi um sucesso, o que demonstra que os investimentos da Codevasf para aquisição do bodemóvel estão no caminho certo do fortalecimento da ovinocaprinocultura nos municípios do vale do São Francisco alagoano. “Esta é a primeira atividade que realizamos com o bodemóvel em Piaçabuçu. Nossa contribuição é para impulsionar a atividade na região, respeitando os conhecimentos tracionais e agregando novas tecnologias à atividade”, resumiu.