Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf e governo do Piauí inauguram perímetro irrigado e firmam parcerias para combate aos efeitos da seca
conteúdo

Notícias

Codevasf e governo do Piauí inauguram perímetro irrigado e firmam parcerias para combate aos efeitos da seca

O presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz, e o governador do Piauí, Wilson Martins, inauguraram na tarde desta segunda-feira (3), no município de Colônia do Gurguéia, o perímetro irrigado Hildo Diniz, uma área de 100 hectares que deverá se transformar em um grande centro de produção de frutas, inclusive uvas. Elmo Vaz representou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra.
publicado: 03/12/2012 19h48, última modificação: 20/06/2018 17h15

O presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz, e o governador do Piauí, Wilson Martins, inauguraram na tarde desta segunda-feira (3), no município de Colônia do Gurguéia, o perímetro irrigado Hildo Diniz, uma área de 100 hectares que deverá se transformar em um grande centro de produção de frutas, inclusive uvas. Elmo Vaz representou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra.

Localizado a 507 quilômetros de Teresina, na região do Vale do Gurguéia, o município de Colônia do Gurguéia possui uma população de pouco mais de 6 mil habitantes e a agricultura e a pecuárias são as principais atividades econômicas. "Dentro de 85 dias, a partir de hoje, quero colher pelo menos cem mil quilos de melancia", anima-se Francisco Saraiva, presidente da Associação de Agricultores Familiares do Assentamento Nossa Senhora de Fátima e dono de um lote de cinco hectares no projeto Hildo Diniz.

O perímetro irrigado é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A área dos agricultores familiares fica no assentamento Nossa Senhora de Fátima, implantado pelo governo em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. No local foram construídas 36 casas, com água e energia.

O projeto de irrigação tem capacidade de atender uma área de até 200 hectares. No momento estão entrando em operação 100 hectares, divididos em lotes de 5 hectares. São nove lotes empresarias e 11 para agricultores familiares.

Os agricultores familiares estão começando com o plantio de feijão e melancia. Em seguida, vão plantar maracujá e banana, enquanto se preparam para cultivar uva, uma novidade na região. “De início, serão destinados seis hectares para as experiências com uva. Se funcionar,  acredito que muita gente vai investir nesse segmento”, acrescenta Saraiva.

Os futuros irrigantes já decidiram também que vão investir na criação de peixes. Os três grandes tanques construídos para alimentar a área dos agricultores familiares serão utilizados também para a produção de pescados. Cada um dos três tanques tem capacidade para cerca de 10 mil alevinos.  

Participaram da solenidade os secretários Rubens Martins, do Desenvolvimento Rural, e Átila Lira, da Educação; e o superintendente regional da Codevasf no Piauí, Valdiney Amorim.

Combate aos efeitos da estiagem

Durante a solenidade de inauguração do perímetro, o Governo do Estado e a Codevasf firmaram novas parcerias para a execução de novas obras de combate aos efeitos da seca, como a construção de barreiros, cisternas e implantação de sistemas de abastecimento de água em cidades do interior do Piauí.

As homologações e as autorizações foram assinadas no final da tarde desta segunda pelo governador Wilson Martins e pelo presidente da Codevasf, Elmo Vaz, durante a inauguração do perímetro irrigado Hildo Diniz, no município de Colônia do Gurguéia.

O presidente da Codevasf assinou ato que autoriza a 7ª Superintendência Regional da Codevasf a contratar a execução de 60 sistemas de abastecimentos de água, com rede de distribuição e ligações domiciliares, num valor estimado de R$ 7,4 milhões; e 80 barreiros para dessedentação animal, cujo investimento será de R$ 3,2 milhões – ações dentro do programa Água para Todos.

Além disso, representando o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, Elmo Vaz assinou autorização para que a Secretaria de Desenvolvimento Rural do Piauí abra licitação para construir 270 sistemas simplificados de abastecimento de água, um investimento de R$ 33 milhões, e mais 135 barreiros, no valor de R$ 6 milhões, também dentro do Água para Todos, em convênio com o governo estadual do Piauí.

O governador e o presidente da Codevasf anunciaram ainda para o começo do próximo ano o início das obras de ampliação da área irrigada do assentamento Marrecas, em São João do Piauí. Serão mais mil hectares para a fruticultura irrigada, num investimento de R$ 48 milhões.


Com informações da Assessoria de Comunicação do Governo do Piauí

Crédito da Foto: Kalberto Rodrigues/PK  (Fotografo - SEGOV)

03/12/2012