Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Ciclo de reuniões técnicas aborda uso correto e seguro de produtos fitossanitários em Rodelas (BA)
conteúdo

Notícias

Ciclo de reuniões técnicas aborda uso correto e seguro de produtos fitossanitários em Rodelas (BA)

Nesta quinta-feira (18), termina o ciclo de reuniões técnicas sobre o uso correto e seguro de produtos fitossanitários com os agricultores do Perímetro Irrigado Rodelas, que fica no município de mesmo nome, no norte da Bahia.
publicado: 18/08/2011 09h20, última modificação: 20/06/2018 17h11

Nesta quinta-feira (18), termina o ciclo de reuniões técnicas sobre o uso correto e seguro de produtos fitossanitários com os agricultores do Perímetro Irrigado Rodelas, que fica no município de mesmo nome, no norte da Bahia. A programação, que teve início no dia 5 de julho, visitando as 31 Quadras Hidráulicas do perímetro irrigado, é realizada pela equipe de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), coordenada pela Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro (BA), por meio de convênio firmado com a Chesf. A última visita acontece no Setor A, Quadra Hidráulica 2, Lote 110.

“O ciclo de reuniões técnicas faz parte da estratégia de ação da Ater, com o objetivo de trabalhar as forma de preservar a saúde das pessoas que aplicam os produtos nas lavouras, com adoção de medidas que conservem o meio ambiente e resultem na produção de alimentos saudáveis”, descreve o coordenador da Ater, João Henrique Ferreira.

Na pauta dos encontros, foi destacada a importância do uso do equipamento de proteção individual (EPI) e da tríplice lavagem das embalagens vazias de agroquímicos, com foco nos cuidados com a saúde do produtor e do consumidor.

O agricultor José Gomes fala que sempre teve cuidado com o manuseio e a aplicação dos produtos fitossanitários, assim como a armazenagem adequada e a devolução das embalagens vazias. “Aqui no lote só é permitido trabalhar vestido com o EPI. Tenho consciência de que devo aplicar as dosagens recomendadas pela Ater e também respeitar à carência entre o período de aplicação e colheita dos frutos”, comenta o agricultor.

Equipamentos de proteção  A hora de retirar o equipamento de proteção individual, após as pulverizações, também requer atenção às técnicas orientadas pelos extencionistas rurais. Para as recomendações sobre a retirada da vestimenta, a equipe levou em conta as técnicas com o manejo do coqueiro, principal cultura do Perímetro Irrigado Rodelas.

Antes de retirar qualquer peça do EPI, deve-se lavar as luvas com água corrente. Após esse procedimento é importante obedecer à seguinte ordem de retirada dos itens: 1. Boné Árabe; 2. Botas; 3. Avental; 4. Luvas; 5. Viseira facial; 6. Máscara/respirador; 7. Jaleco e 8. Calça.