Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Caranguejo do Delta do Parnaíba
conteúdo

Notícias

Caranguejo do Delta do Parnaíba

Uma missão brasileira organizada pela Codevasf esteve no Chile para conhecer a tecnologia de industrialização de caranguejo para sua aplicação na região no Delta do Parnaíba.
publicado: 13/02/2007 12h18, última modificação: 20/06/2018 17h06


Uma missão brasileira organizada pela Codevasf esteve no Chile para conhecer a tecnologia de industrialização de caranguejo para sua aplicação na região no Delta do Parnaíba. Foram visitadas indústrias instaladas na região de Puerto Montt, grande centro pesqueiro do Chile, onde se concentram produtores e exportadores de produtos a base de caranguejos e siris para os mercados norte-americanos, europeus e asiáticos. Segundo o presidente da Codevasf, Luiz Carlos Everton de Farias, "esse é mais um importante passo dado pela Empresa para a melhoria das condições de vida de milhares de pescadores que vivem da cata do caranguejo e para a consolidação do pólo industrial aqüícola e pesqueiro da região do Delta do Parnaíba".

Além da Codevasf, fizeram parte da comitiva representantes da Embrapa Meio-Norte, da Fundação de Educação, Cultura e Desenvolvimento Tecnológico (FUNDETEC) e do Grupo Secom, que processa camarão em Luiz Correa, Piauí, e que é proprietário da rede de lojas Camarão & Cia., presente em grandes cidades brasileiras. Especialistas chilenos assessoraram os brasileiros na visita, abrindo as portas de grandes empresas e de alguns dos mais destacados centros de pesquisa e de Universidades que atuam com pesca e aqüicultura na América latina. Os integrantes da comitiva foram unânimes em reconhecer o avançado estágio tecnológico da atividade pesqueira no Chile.

De acordo com o assessor da Presidência da Codevasf, Albert Rosa, que coordenou a comitiva brasileira, "a tecnologia de beneficiamento de caranguejo empregada no Chile é bastante eficiente e pode perfeitamente ser adaptada a caranguejos e siris e às condições do Delta do Parnaíba".

A próxima etapa será a implantação de projeto-piloto de industrialização de caranguejo na Planície Litorânea do Parnaíba, numa parceria que envolve Codevasf, Governo do Estado do Piauí, Embrapa, Fundetec, UFPI, Sebrae, Secom e Cooperativa dos Catadores Delta Uçá do município de Ilha Grande.