Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Beneficiários do Água para Todos em Alagoas recebem visita do presidente da Codevasf
conteúdo

Notícias

Beneficiários do Água para Todos em Alagoas recebem visita do presidente da Codevasf

Beneficiários do programa Água para Todos em Arapiraca, Alagoas, serão visitados nesta quinta (25) pelo presidente da Codevasf, Elmo Vaz. Arapiraca foi o município escolhido pela presidenta Dilma Rousseff para lançar, em julho do ano passado, o Plano Brasil sem Miséria - conjunto de ações para erradicação da pobreza extrema, do governo federal, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).
publicado: 24/10/2012 11h41, última modificação: 20/06/2018 17h14

Beneficiários do programa Água para Todos em Arapiraca, Alagoas, serão visitados nesta quinta (25) pelo presidente da Codevasf, Elmo Vaz. Arapiraca foi o município escolhido pela presidenta Dilma Rousseff para lançar, em julho do ano passado, o Plano Brasil sem Miséria - conjunto de ações para erradicação da pobreza extrema, do governo federal, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O programa Água para Todos, que busca a universalização do acesso a água no semiárido brasileiro, é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MI) e executado pela Codevasf em sua área de atuação.

Em Alagoas, a Codevasf instalou até agora 4.685 cisternas de consumo humano com capacidade para armazenar até 16 mil litros de água de chuva captada dos telhados das casas, oferecendo tranquilidade à população do semiárido nos períodos de estiagem prolongada. A meta, numa primeira etapa, é instalar um total de 7.429 cisternas em seis municípios (Arapiraca, Estrela de Alagoas, Craíbas, Delmiro Gouveia e Piranhas), totalizando um investimento de R$ 37 milhões.

A partir do próximo ano, as metas estabelecidas do Água para Todos em Alagoas – que incluem uma segunda etapa de instalação de cisternas, construção de barreiros, sistemas simplificados de abastecimento de água e fornecimento de kits de irrigação –, somam cerca de R$ 128,6 milhões previstos para serem aplicados pela Codevasf.

Comitês garantem correta distribuição

Antes da instalação da cisterna, a Codevasf segue uma estratégia para garantir a correta distribuição dos reservatórios. Para isso, o programa organiza Comitês Gestores Municipais formado por representantes da sociedade civil organizada, sindicatos de representação rural, associações rurais, igrejas, pastorais e do poder público municipal, além de Comissões Comunitárias. O comitê auxilia na mobilização local das comunidades visando ao cadastramento e à validação das famílias a serem beneficiadas.

A indicação das localidades cabe ao comitê, bem como a relação dos beneficiários, obedecendo aos critérios do programa – famílias de áreas rurais, prioritariamente do semiárido, em situação de pobreza e extrema pobreza associada à carência de acesso à água com renda per capita de até R$ 140,00, desde que inscritas no CadÚnico, e também aos aposentados que, mesmo possuindo renda per capita familiar acima de R$140,00, vivam exclusivamente de sua renda previdenciária.

Para garantir o perfeito funcionamento e uso adequado das cisternas, são promovidos cursos de Gestão da Água com as famílias beneficiadas. Nessas capacitações os participantes são orientados quanto à utilização da água sem desperdício e instruções para a manutenção dos reservatórios.