Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Ações da Codevasf são apresentadas na I Conferência Macrorregional de Desenvolvimento do Nordeste
conteúdo

Notícias

Ações da Codevasf são apresentadas na I Conferência Macrorregional de Desenvolvimento do Nordeste

As ações da Codevasf na área de irrigação, no combate à seca e na revitalização do rio São Francisco, além de um histórico do trabalho da Companhia – desde sua origem até o início de sua ampliação, iniciada no ano 2000 -, fizeram parte da apresentação da gerente de Desenvolvimento Territorial da Codevasf, Kênia Marcelino, durante sua participação no painel "O papel das instituições na implementação do desenvolvimento regional", na I Conferência Macrorregional de Desenvolvimento do Nordeste, em Salvador.
publicado: 07/11/2012 14h02, última modificação: 20/06/2018 17h15

As ações da Codevasf na área de irrigação, no combate à seca e na revitalização do rio São Francisco, além de um histórico do trabalho da Companhia – desde sua origem até o início de sua ampliação, iniciada no ano 2000 -, fizeram parte da apresentação da gerente de Desenvolvimento Territorial da Codevasf, Kênia Marcelino, durante sua participação no painel "O papel das instituições na implementação do desenvolvimento regional", na I Conferência Macrorregional de Desenvolvimento do Nordeste, em Salvador.

O evento, que teve a presença do presidente da Codevasf Elmo Vaz na abertura nesta terça (06) prossegue até quinta (08) reunindo 112 representantes dos nove estados nordestinos, eleitos nas conferências estaduais de desenvolvimento regional, além de instituições de ensino superior, pesquisa e extensão, sociedade civil e setor empresarial.

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro (BA), Emanoel Lima, também está entre os participantes. Kênia Marcelino apresentou à plenária as diretrizes adotadas pela Codevasf visando ao fortalecimento da instituição, e a expectativa de que a empresa passe a atuar em todo o nordeste brasileiro, implementando as ações de políticas públicas do governo federal para gerar desenvolvimento.

Nesta quarta-feira (07), pela manhã, houve a contextualização de um caderno de propostas da plenária da macrorregional, onde todas as sugestões, observações, reivindicações e conclusões serão materializadas num documento que servirá de base para confecção da Carta da Macrorregional, composta de cinco princípios e vinte diretrizes que representem as demandas locais, para serem levadas à plenária nacional em Brasília ainda este ano.