Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > 22ª Fenagri recebeu mais de 50 mil pessoas em Juazeiro (BA)
conteúdo

Notícias

22ª Fenagri recebeu mais de 50 mil pessoas em Juazeiro (BA)

Com o tema “Novos Tempos do Agronegócio”, a 22ª edição da Feira Nacional da Agricultura Irrigada (FENAGRI), realizada no período de 27 a 30 de julho, no Campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) em Juazeiro (BA), reuniu cerca de 120 empresas e associações de pequenos produtores da agricultura familiar da região, que participaram do evento mostrando novas tecnologias, produtos e serviços ligados ao setor do agronegócio.
publicado: 02/08/2011 09h01, última modificação: 20/06/2018 17h11

Com o tema “Novos Tempos do Agronegócio”, a 22ª edição da Feira Nacional da Agricultura Irrigada - Fenagri 2011, realizada no período de 27 a 30 de julho, no Campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) em Juazeiro (BA), reuniu cerca de 120 empresas e associações de pequenos produtores da agricultura familiar da região, que participaram do evento mostrando novas tecnologias, produtos e serviços ligados ao setor do agronegócio.

A programação da feira incluiu, no dia 28/07, no complexo multieventos da Univasf, um seminário sobre agroindustrialização na Bahia e no vale do São Francisco, no qual foi realizada uma apresentação coordenada pela Codevasf sobre o Perímetro Irrigado Salitre. O Centro Agroalimentar de Juazeiro foi outro tema que contou com a participação de técnicos da companhia.

No dia 29, foi realizado o seminário Desenvolvimento Sustentável da Citricultura no Vale do São Francisco, que contou com a presença do presidente em exercício da Codevasf, Clementino de Souza Coelho. Na oportunidade, ele defendeu o desenvolvimento da citricultura na região, utilizando resultados de estudos realizados pelo Centro de Conhecimento em Agronegócios da USP, que comprovam que o vale do São Francisco tem condições de competitividade melhores que o sudeste do país.

Segundo a coordenação da Fenagri, mais de 50 mil pessoas, entre estudantes, profissionais liberais, agroempreeendedores, turistas e investidores estrangeiros visitaram a feira. Para receber este público, a Codevasf montou um estande, onde o público pode interagir com representantes das sete superintendências regionais da companhia.

Cada superintendência levou para a feira produtos e iniciativas de destaque em suas regiões de atuação, todas apoiadas e mantidas pela Codevasf nos estados de Alagoas, Piauí, Pernambuco, Minas Gerais, Bahia e Sergipe. Nos balcões de atendimento foram distribuídos materiais informativos sobre as ações da instituição. Além disso, parte da programação visual enfocava grandes ações da companhia, como os Perímetros Irrigados Salitre, Formoso 1, Baixio de Irecê e Pontal.

O Ministério da Integração Nacional e o Sistema Itaparica também marcaram presença no estande. Ao todo foram montados 11 balcões de atendimento espalhados em uma área de 200 m². Uma sala de debates foi utilizada para discutir temas como “Integração Agrícola - Empresa Âncora e Cooperativa”, “Hidrovia do São Francisco - O Caminho da Integração” e “Diversificação de Culturas”. Participaram palestrantes da Fundação Getúlio Vargas, Funderpa, Embrapa e da própria Codevasf .

Segundo cálculos da coordenação do evento, entre os estandes mais visitados (uma média de mil pessoas por dia) esteve o MI/Codevasf. Além do estande na feira, as visitas técnicas também foram destaque na programação. Um grupo de técnicos, investidores e estudantes visitou o Perímetro Irrigado Salitre no sábado, dia 30/07. Na comitiva estavam representantes do governo equatoriano e empresários do sul e sudeste do Brasil.