Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Piscicultura em Manga, Minas Gerais
conteúdo

Notícias

Piscicultura em Manga, Minas Gerais

“Esse trabalho na área de piscicultura que a Codevasf está desenvolvendo no município de Manga tem tudo para ser uma atividade altamente rentável para nós, pequenos produtores rurais, e que, em muitos casos, fazem da pesca sua única fonte de renda
publicado: 28/11/2008 15h14, última modificação: 20/06/2018 17h03

“Esse trabalho na área de piscicultura que a Codevasf está desenvolvendo no município de Manga tem tudo para ser uma atividade altamente rentável para nós, pequenos produtores rurais, e que, em muitos casos, fazem da pesca sua única fonte de renda. A Codevasf está nos dando o caminho, agora só falta a nossa dedicação e muito trabalho para tudo dá certo”. Com essas palavras ditas na última quinta-feira, 27, o presidente da Associação dos Aqüicultores Familiares de Manga, Luiz Pereira do Nascimento, abriu a solenidade de inauguração da Unidade de Beneficiamento de Pescado, construída pela Companhia naquele município mineiro dentro das ações do Programa Produtivo Local.

Com investimentos de 168 mil reais, segundo Alex Demier, chefe da Unidade Regional de Arranjo Produtivo Local, essa Unidade de Beneficiamento irá atender a mais de 250 famílias de pescadores dos municípios de Manga e Matias Cardoso, além de piscicultores que atuam nesses dois municípios e em São João das Missões com a criação de peixes em tanques-rede em dezenas de unidades implantadas pela Codevasf, permitindo a produção de aproximadamente três toneladas de pescado por mês. A partir de agora toda essa produção passará por um processo de beneficiamento, o que possibilitará atingir novos mercados consumidores e maior rentabilidade aos produtores.

Para Anderson Chaves, superintendente da Codevasf em Minas, o governo federal, através do Ministério da Integração Nacional e da Codevasf, tem possibilitado a implementação de estratégias para o desenvolvimento integrado e sustentável do vale do rio São Francisco em Minas Gerais, principalmente na região norte do Estado, por meio da articulação com órgãos e entidades estruturadoras dos Arranjos Produtivos Locais, como ocorre nesse caso, com a Prefeitura de Manga e com a Emater/MG.

Joaquim de Oliveira Sá Filho, prefeito de Manga, no seu pronunciamento, enfatizou a importância das ações da Codevasf naquele município, principalmente nos últimos anos, quando, segundo ele, “a Codevasf tem tido uma maior presença empreendedora em Manga e, até mesmo a presença dos dirigentes mineiros da Empresa”. Para o prefeito, são ações como as que a Companhia vêm desenvolvendo dentro do Programa Arranjo Produtivo Local, que permitem resultados quase que imediatos na melhoria da qualidade de vida dos pequenos produtores rurais.