Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Mini Estações de Tratamento e Distribuição de Água no Jaíba
conteúdo

Notícias

Mini Estações de Tratamento e Distribuição de Água no Jaíba

A Codevasf irá implantar mais trinta mini Estações de Tratamento e Distribuição de Água – ETA no Perímetro de Irrigação Jaíba, em Minas Gerais, visando o abastecimento de água potável para os pequenos produtores daquele perímetro
publicado: 03/02/2009 16h53, última modificação: 20/06/2018 17h03

Dentro dos próximos dias, a Codevasf dará início às obras de implantação de mais trinta mini Estações de Tratamento e Distribuição de Água – ETA no Perímetro de Irrigação Jaíba, em Minas Gerais, visando o abastecimento de água potável para os pequenos produtores daquele perímetro, assentados nas áreas A-3 e A-4. A construção dessas mini ETA’s, segundo Anderson Chaves, superintendente da Codevasf em Minas, é em complementação ao processo iniciado em 2005, quando a Companhia implantou 204 unidades nas Glebas A, B, C3 e F da etapa I desse Perímetro.

Com essa ação, além de atender a uma das várias medidas mitigadoras da área ambiental do Perímetro Jaíba, proposto por organismo de defesa ambiental, vem também atender às determinações do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, e do presidente da Codevasf, Orlando Castro, em dotar todos os perímetros irrigados implantados pela Companhia, de estrutura que possa oferecer melhores condições de saúde e de bem-estar aos produtores, principalmente os pequenos irrigantes.

Com a conclusão desse trabalho, previsto para o próximo mês de setembro, ao custo de R$ 680.627,03, conclui-se também a implantação do sistema de abastecimento de água potável para beneficiar todas as famílias de pequenos produtores daquele perímetro irrigado. Cada unidade dessa mini Estação de Tratamento e Distribuição de Água atenderá oito lotes, com capacidade de produção de 720 litros por hora de água tratada. Ao todo, desde as obras iniciais implantadas em 2005, o governo federal, por meio da Codevasf, investiu mais de 5 milhões de reais na implantação de mini Estações no Jaíba.

Segundo Anderson Chaves, serão 1.828 famílias atendidas, mais de 30 mil pessoas beneficiadas por essa ação da Codevasf, ou seja, cem por cento de atendimento, sanando definitivamente um dos mais graves problemas ambientais existentes no Jaíba, que é o consumo humano e doméstico de água não tratada, diretamente do canal de irrigação, poluída por produtos defensivos agrícolas. Com a implantação dessas mini Estações, o dirigente da Codevasf acredita que ocorrerá uma significativa diminuição no índice de doenças decorrentes da ingestão dessa água, tais como diarréia – principalmente entre crianças, vômitos, verminoses e de pele.