Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Codevasf repovoa açude na Bahia com tambaqui e tilápia
conteúdo

Notícias

Codevasf repovoa açude na Bahia com tambaqui e tilápia

Técnicos da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro (BA) realizaram, na última sexta-feira (12), no açude do distrito de Pinhões, a soltura de cerca de 23 mil peixes juvenis das espécies tambaqui e tilápia
publicado: 15/03/2010 15h17, última modificação: 20/06/2018 17h06

Técnicos da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro (BA) realizaram, na última sexta-feira (12), no açude do distrito de Pinhões, a soltura de cerca de 23 mil peixes juvenis das espécies tambaqui e tilápia. O repovoamento do açude foi solicitado pela Associação dos Pescadores e Piscicultores do açude de Pinhões, que reúne 36 associados registrados.

Cerca de 1.600 pessoas residem na sede do distrito de Pinhões, a 74 km de Juazeiro. Eles retiram mensalmente cerca de 1.500 quilos de peixes do açude, que são vendidos nos municípios vizinhos de Uauá e Juazeiro.

O açude de Pinhões, construído na década de 50 pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), possui um espelho d’água de aproximadamente 9 km, mas pode chegar a 12 km no período chuvoso, segundo o presidente da Associação, Reginaldo da Silva. “Hoje, o açude está com pouco peixe, então pedimos a Codevasf que nos ajudasse a preservar o nosso meio de vida e fomos atendidos”, justifica Reginaldo.

Segundo o engenheiro de pesca da Codevasf, Ruy Cardoso Filho, outras espécies são encontradas no açude, como curimatã, tucunaré e até camarão branco, que os pescadores aprenderam a preservar, principalmente na época da reprodução.