Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Autorizada implantação de esgotamento sanitário em MG
conteúdo

Notícias

Autorizada implantação de esgotamento sanitário em MG

O superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, anunciou ontem (27) a assinatura e entrega das ordens de serviços para início das obras de implantação dos sistemas de esgotamento sanitário nos municípios de Buritizeiro, Várzea da Palma e Mirabela, beneficiando mais de 75 mil pessoas. A autorização aconteceu durante solenidade pública ocorrida nessas cidades, com a presença de prefeitos, vereadores, deputados federais e estaduais, lideranças comunitárias e outras autoridades.
publicado: 28/05/2009 08h40, última modificação: 20/06/2018 17h04

O superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, anunciou ontem (27) a assinatura e entrega das ordens de serviços para início das obras de implantação dos sistemas de esgotamento sanitário nos municípios de Buritizeiro, Várzea da Palma e Mirabela, beneficiando mais de 75 mil pessoas. A autorização aconteceu durante solenidade pública ocorrida nessas cidades, com a presença de prefeitos, vereadores, deputados federais e estaduais, lideranças comunitárias e outras autoridades.

Com investimentos de aproximadamente R$ 12,5 milhões em Buritizeiro; R$ 6,2 milhões em Mirabela e R$4,7 milhões em Várzea da Palma, totalizando mais de R$ 23 milhões, as obras que serão construídas nesses municípios, de acordo com os projetos aprovados, incluem estações de tratamento, redes coletoras de esgoto, elevatórias, interceptores, ligações domiciliares, entre outros.

Acompanhado em todos os municípios que visitou pelo técnico José Carlos Ruas, gestor de contratos da Codevasf em Minas Gerais, o superintendente Anderson Chaves, durante as solenidades, fez questão de enfatizar que estas obras – que serão construídas com recursos do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do rio São Francisco e fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) –  têm contado, em todas as fases de implantação, com o apoio do ministro Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional, e do presidente da Codevasf, Orlando Cezar da Costa Castro. Ainda conforme Chaves, este apoio, aliado ao empenho de toda a equipe técnica de engenharia da Companhia, tem sido a razão do sucesso do Programa em Minas Gerais.