Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > 16 anos do Projeto Amanhã são comemorados em Alagoas
conteúdo

Notícias

16 anos do Projeto Amanhã são comemorados em Alagoas

No dia 14 de maio de 1993, nascia da visão inovadora do então presidente da Codevasf, Airson Bezerra Lócio, o Projeto Amanhã, uma iniciativa que hoje está organizando e capacitando jovens rurais que residem nos vales do São Francisco e do Parnaíba. Para comemorar a maioridade cidadã do projeto, a 5ª Superintendência Regional realizou, na quarta-feira (13), uma exposição de produtos no saguão de um dos prédios da sede da empresa em Penedo (AL). As comemorações pelos 16 anos do projeto também ocorreram na Sede e em outras superintendências.
publicado: 15/05/2009 14h52, última modificação: 20/06/2018 17h04

No dia 14 de maio de 1993, nascia da visão inovadora do então presidente da Codevasf, Airson Bezerra Lócio, o Projeto Amanhã, uma iniciativa que hoje está organizando e capacitando jovens rurais que residem nos vales do São Francisco e do Parnaíba. Para comemorar a maioridade cidadã do projeto, a 5ª Superintendência Regional realizou, na quarta-feira (13), uma exposição de produtos no saguão de um dos prédios da sede da empresa em Penedo (AL). As comemorações pelos 16 anos do projeto também ocorreram na Sede e em outras superintendências.

A exposição no saguão da 5ª SR atraiu diversos funcionários. Entre os produtos que foram destaque estavam o mel silvestre de abelhas africanizadas e as frutas cultivadas pelos jovens, mas a principal atração foi a presença de duas ovelhas que são utilizadas nas aulas de ovinocultura. Ainda foram expostas imagens acerca da produção de tilápia, tambaqui e camarão e de artesanato como renda e bolsas feitas de palha de ouricuri.

Em Alagoas, o Projeto Amanhã atende cerca de 300 jovens por ano, que são capacitados nas áreas de piscicultura, ovinocultura, apicultura, carcinocultura, fruticultura e horticultura. Além dessas áreas, o projeto também realiza cursos de informática para promover a inclusão digital dos jovens, mecanização agrícola, cortes especiais de ovinos e floricultura.

Na área da atuação da 5ª SR, o projeto está presente nos municípios de Porto Real do Colégio, Arapiraca, Penedo e Piranhas. De acordo com o coordenador regional do projeto em Alagoas, Cleudson Bernardino, somente podem participar jovens entre 14 e 26 anos, matriculados regularmente em instituições de ensino regular ou supletivo e que residam na área de abrangência da Codevasf. Ele comemorou os resultado do projeto em Alagoas: “Os jovens rurais atendidos pelo projeto hoje podem ter uma perspectiva de capacitação profissional e modernizar a produção agrícola da família”.

Já o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nelson de Azevedo, ao visitar a exposição, fez questão de destacar o papel fundamental do criador do projeto, o ex-presidente da Companhia Airson Bezerra Lócio. “Lócio estava completamente correto ao perceber que a única forma de inserir técnicas agropecuárias modernas nos produtores tradicionais seria través das novas gerações, pelos filhos dos agricultores. Nos dias de hoje, podemos perceber como a estratégia estava certa e os resultados expostos aqui falam pelo projeto”, declarou.