Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Piscicultura em canal de irrigação
conteúdo

Notícias

Piscicultura em canal de irrigação

Teve início no Projeto Mirorós, em Ibipeba (BA), o Projeto Aproveitamento de Canais Perímetros de Irrigação para Piscicultura. A ação faz parte do Programa de Desenvolvimento Sustentável da Aqüicultura da Codevasf. Uma de suas principais metas é a obtenção de subsídios para solucionar gargalos surgidos em outros experimentos semelhantes realizados pela Empresa e validar metodologia de cultivo de peixes utilizando a estrutura do canal de irrigação.
publicado: 26/06/2006 16h10, última modificação: 20/06/2018 16h59

Teve início no Projeto Mirorós, em Ibipeba (BA), o Projeto Aproveitamento de Canais Perímetros de Irrigação para Piscicultura. A ação faz parte do Programa de Desenvolvimento Sustentável da Aqüicultura da Codevasf. Uma de suas principais metas é a obtenção de subsídios para solucionar gargalos surgidos em outros experimentos semelhantes realizados pela Empresa e validar metodologia de cultivo de peixes utilizando a estrutura do canal de irrigação.

Com o projeto, os técnicos da Codevasf poderão avaliar a utilização de sistemas de filtros de retenção e bombeamento para redução dos resíduos do cultivo, como fezes de peixes e sobras de ração. Com isso, busca-se evitar problemas no processo de irrigação, como entupimentos de filtros, bombas e aspersores, além de permitir o uso harmonioso e mais otimizado da água.

O projeto está sendo desenvolvido pela Estação de Piscicultura de Ceraíma e Núcleo Avançado de Irecê, em parceria com o Distrito de Irrigação do Perímetro Irrigado de Mirorós. Estão sendo utilizados 200m de canal, onde foram estocados 30.000 alevinos de tilápia e tambaqui.