Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2005 > Plantio de oliveira no Semi-Árido
conteúdo

Notícias

Plantio de oliveira no Semi-Árido

O presidente da Codevasf, Luiz Carlos Everton de Farias, plantou a primeira das mil mudas de oliveira que fazem parte da primeira etapa do programa de introdução e avaliação de culturas alternativas para as áreas irrigadas do semi-árido brasileiro, uma parceria entre a Companhia e a Embrapa. O chefe-geral da Embrapa Semi-Árido, Pedro Gama, também esteve presente no lançamento que aconteceu hoje, em Petrolina.
publicado: 27/10/2005 13h00, última modificação: 20/06/2018 16h56

O presidente da Codevasf, Luiz Carlos Everton de Farias, plantou a primeira das mil mudas de oliveira que fazem parte da primeira etapa do programa de introdução e avaliação de culturas alternativas para as áreas irrigadas do semi-árido brasileiro, uma parceria entre a Companhia e a Embrapa. O chefe-geral da Embrapa Semi-Árido, Pedro Gama, também esteve presente no lançamento que aconteceu hoje, em Petrolina.

Das mudas que serão plantadas, 600 serão fornecidas pelo Instituto Israelita Volcani. Os resultados poderão ser colhidos no prazo de cinco anos. Será uma experiência única já que não há estudos aprofundados sobre a produção de oliveira no Brasil. Com o desenvolvimento de técnicas apropriadas, há possibilidades reais de viabilizar o plantio de oliveiras no semi-árido.