Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Codevasf prestigia lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar
conteúdo

Notícias

Codevasf prestigia lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar

A presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, e o diretor da Área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação, Napoleão Casado, participaram nesta quarta-feira (31), no Palácio do Planalto, do lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2017/2020. Coordenado pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) do Governo Federal, o plano reafirma o compromisso de ampliar a produção de alimentos saudáveis, com crédito mais barato àqueles que produzem mais de 70% da comida que chega todos os dias às mesas das famílias brasileiras.
publicado: 31/05/2017 17h31, última modificação: 20/06/2018 17h36

A presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, e o diretor da Área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação, Napoleão Casado, participaram nesta quarta-feira (31), no Palácio do Planalto, do lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2017/2020. Coordenado pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) do Governo Federal, o plano reafirma o compromisso de ampliar a produção de alimentos saudáveis, com crédito mais barato àqueles que produzem mais de 70% da comida que chega todos os dias às mesas das famílias brasileiras.

Durante a cerimônia, o presidente da República, Michel Temer, ressaltou o significado da produção agrícola para as famílias e também os efeitos econômicos dessa atividade. “Quando estimulamos a agricultura familiar, combatemos a pobreza e estimulamos o emprego e o desenvolvimento em regiões carentes”, comemorou.

Serão disponibilizados R$ 30 bilhões para o crédito rural destinado a agricultores familiares na safra 2017/2018. Por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), as taxas oferecidas para a safra terão uma variação de 2,5% a 5,5%. Produtos como arroz, feijão, mandioca, leite, entre outros terão os juros mantidos em 2,15%, assim como investimentos em energia renovável e irrigação e armazenagem.

Importante para a segurança jurídica dos produtores, o Plano Safra da Agricultura Familiar define como meta a regularização de 10,9 mil terras na Amazônia neste ano. Para as outras regiões, a expectativa é de que sejam entregues 53,9 mil títulos, por meio do Programa de Cadastro de Terra e Regularização Fundiária.

De acordo com Kênia Marcelino, a Codevasf tem um papel importante no apoio aos pequenos produtores, fornecendo o acesso aos programas subsidiados pelo governo. “Podemos articular junto aos produtores a adesão desses programas principalmente nos projetos de irrigação que têm cunho social. A Codevasf ao longo dos seus 42 anos de existência se notabilizou, principalmente, por sua capacidade em impulsionar a agricultura irrigada no vale do São Francisco e, assim, contribuir para o desenvolvimento econômico do Nordeste”, afirmou.

Agricultura familiar

Cerca de 3,7 milhões de toneladas de itens agrícolas, principalmente frutas, foram produzidas nos projetos públicos de irrigação administrados pela Codevasf na bacia hidrográfica do rio São Francisco, em 2016. Juntos, os projetos alcançaram R$ 3,2 bilhões em valor bruto de produção e geraram cerca de 289 mil empregos diretos e indiretos. Os dados, divulgados pela Área de Gestão de Empreendimentos de Irrigação da Companhia, incluem também os projetos do Sistema Itaparica, localizados na Bahia e em Pernambuco.

“A Codevasf se sente orgulhosa em contribuir com o desenvolvimento da bacia do São Francisco. Os projetos públicos de irrigação melhoraram e os irrigantes investiram em tecnologia. Hoje não só a quantidade produzida é importante, mas também a qualidade dos produtos, principalmente das frutas, que conquistaram o mercado internacional. Com isso, ganhPlano Safraa o produtor e o consumidor, e mostra-se um crescimento sustentável que proporciona aumento na geração de emprego e renda, contribuindo para a melhoria dos índices socioeconômicos da região”, destacou o diretor de Irrigação, Napoleão Casado.

Os projetos públicos de irrigação da Companhia localizam-se nos estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. A empresa também administra outros dez projetos implantados pela Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) na década de 1990 para compensar famílias que residiam na área onde se formou o lago da usina hidrelétrica de Luiz Gonzaga (PE) – estes são identificados conjuntamente como Sistema Itaparica.

Veja fotografias no perfil da Codevasf no Flickr:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157684410386166