Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Codevasf define etapas para execução de emenda impositiva em Sergipe
conteúdo

Notícias

Codevasf define etapas para execução de emenda impositiva em Sergipe

Estão em fase avançada as definições para a execução pela Codevasf da emenda impositiva da bancada federal de Sergipe em favor dos projetos de irrigação Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume. O superintendente regional da Codevasf, César Mandarino, discutiu esta semana com o grupo de trabalho da 4ª Superintendência Regional as próximas etapas para o início dos investimentos, que irão melhorar a infraestrutura de uso comum dos projetos do Baixo São Francisco Sergipano.
publicado: 09/03/2017 11h28, última modificação: 20/06/2018 17h35

Junto com os irrigantes, estão sendo traçadas estratégias para a aplicação de R$ 100 milhões nos projetos Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume

Estão em fase avançada as definições para a execução pela Codevasf da emenda impositiva da bancada federal de Sergipe em favor dos projetos de irrigação Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume. O superintendente regional da Codevasf, César Mandarino, discutiu esta semana com o grupo de trabalho da 4ª Superintendência Regional as próximas etapas para o início dos investimentos, que irão melhorar a infraestrutura de uso comum dos projetos do Baixo São Francisco Sergipano.

“A aplicação da emenda é de fundamental importância para a região e vai dar uma sobrevida para os perímetros irrigados. Vale salientar que hoje a produção da rizicultura nos projetos é de mais de 30 mil toneladas, com índices de produtividade superiores a 9.000 quilos de arroz no perímetro Betume”, declarou o superintendente regional César Mandarino.

Na próxima semana, César Mandarino irá a Brasília para se reunir com a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, e discutir novas ações relacionadas à emenda impositiva, entre outras demandas.

Na reunião, foram traçadas estratégias para a aplicação da emenda impositiva, que destinou recursos da ordem de R$ 100 milhões para serem aplicados em ações de reabilitação dos projetos Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume. Os investimentos serão direcionados a ações como recuperação de canais e vias de circulação, aquisição de sistemas de captação flutuantes e reabilitação da rede de drenagem, entre outras iniciativas.

As ações foram discutidas com representantes dos distritos de irrigação de Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume, com o objetivo para identificar prioridades de investimentos em cada um dos projetos, com base nos projetos elaborados pela equipe técnica. O grupo de trabalho envolve técnicos do Gabinete e das gerências regionais de Irrigação, Revitalização e Infraestrutura da Codevasf em Sergipe.

Os projetos Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume beneficiam mais de 1.500 famílias em sete municípios do Baixo São Francisco Sergipano. Os perímetros são responsáveis pela geração de aproximadamente 8.000 empregos diretos e indiretos na região, além de agregar um valor bruto de produção anual superior a R$ 30 milhões.

Fotografia: https://www.flickr.com/photos/codevasf/albums/72157635476107299