Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Ações da Codevasf beneficiam população de Paramirim, no Médio São Francisco baiano
conteúdo

Notícias

Ações da Codevasf beneficiam população de Paramirim, no Médio São Francisco baiano

A população de Paramirim, no Médio São Francisco baiano, está sendo beneficiada por múltiplas ações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) voltadas a desenvolver o município e facilitar sua convivência com a seca. Paramirim tem cerca de 22 mil habitantes.
publicado: 21/06/2017 09h24, última modificação: 20/06/2018 17h37

A população de Paramirim, no Médio São Francisco baiano, está sendo beneficiada por múltiplas ações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) voltadas a desenvolver o município e facilitar sua convivência com a seca. Paramirim tem cerca de 22 mil habitantes.

Foram investidos recentemente R$ 943 mil em perfuração de quatro poços artesianos; mais de 500 horas/máquina para construção de aguadas; um veículo utilitário; uma caçamba trucada; 100 kits de irrigação; 13 reservatórios de 10 mil litros; 89 reservatórios de cinco mil litros; 50 reservatórios de 500 litros; e 15 mil metros de tubos. Os recursos são originários do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emenda parlamentar.

“Essas ações são muito importantes para a nossa população, principalmente a rural. Temos uma visão de reduzir as diferenças sociais em nosso município, que fica no semiárido baiano, e todas essas ações promovem novos meios de vida para a população rural, justamente ajudando nessa redução”, afirma Gilberto Brito, prefeito de Paramirim.

Com as 533 horas/máquina, o município está construindo cinco aguadas públicas de grande capacidade de armazenamento de água nas comunidades de Pageú do Cipó, Conceição, Alagadiço, Grama e Fundão dos Cardoso. As aguadas reforçarão o acesso a água para as famílias locais, e promoverão atividades agrícolas e pecuárias – e, consequentemente, geração de renda.

“As ações possibilitam que o homem do campo tenha água em suas casas. Kits de irrigação, reservatórios, tubos e poços servirão para criar hortas comunitárias e sistemas de abastecimento de água. Iremos difundir por comunidades bem carentes. Nosso objetivo é aumentar a porcentagem de alimentos oriundos da agricultura familiar na merenda escolar para cerca de 90%. Conseguindo essa meta, teremos motivo de grande alegria”, diz o prefeito.

De acordo com Renato Lopes, chefe da Unidade Regional de Estudos e Projetos da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Bom Jesus da Lapa (BA), as ações têm o objetivo de impulsionar o desenvolvimento das populações rurais, com mais conforto, qualidade de vida, acesso a água e oportunidades de geração de renda.

“A construção de aguadas também irá permitir um maior acúmulo de água para dessedentação animal. E os equipamentos terão grande utilidade na recuperação de vias vicinais, garantindo melhores condições para escoamento de produções e deslocamento da população para a sede do município, em busca da saúde e educação”, diz Renato Lopes.

Fotografia:
www.flickr.com/photos/codevasf/albums/72157682247742872