Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Ação para assegurar sobrevivência de rebanhos tem apoio da Codevasf em Minas
conteúdo

Notícias

Ação para assegurar sobrevivência de rebanhos tem apoio da Codevasf em Minas

Os produtores rurais no Norte de Minas serão fortalecidos com a implantação de sete Unidades de Multiplicação de Palma Irrigada e o fornecimento de equipamentos de apoio e plantio, como trator, picadoras de palma e resfriadores de leite. A ação faz parte do programa "Palmas para Minas", que conta com a participação da Codevasf, ao lado de outros parceiros, e prevê beneficiar cerca de 500 famílias de produtores do semiárido mineiro.
publicado: 26/07/2017 08h00, última modificação: 20/06/2018 17h37

Iniciativa vai impulsionar uso de palma forrageira para alimentação animal no semiárido mineiro; investimento deve beneficiar 500 famílias de produtores

Os produtores rurais no Norte de Minas serão fortalecidos com a implantação de sete Unidades de Multiplicação de Palma Irrigada e o fornecimento de equipamentos de apoio e plantio, como trator, picadoras de palma e resfriadores de leite. A ação faz parte do programa "Palmas para Minas", que conta com a participação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), ao lado de outros parceiros, e prevê beneficiar cerca de 500 famílias de produtores do semiárido mineiro.

O programa, coordenado pela Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), reúne um conjunto de atividades que visa fomentar o uso da palma forrageira como alternativa para garantir a segurança alimentar de rebanhos e reduzir os custos de produção em regiões atingidas pela estiagem.

"A integração de esforços da Codevasf e de outras entidades é de grande valia para a convivência com a seca no estado. A disseminação da palma na região vai garantir a mitigação de perdas de gado decorrentes dos períodos de escassez hídrica", avalia o superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Rodrigo Rodrigues.

Entre os municípios contemplados com a ação da Codevasf estão Porteirinha e Nova Porteirinha, no semiárido mineiro. Em cada localidade será implantada uma unidade de multiplicação de palma de 1 hectare. Os outros cinco municípios ainda serão definidos, mas cada um vai receber uma unidade de 0,2 hectare.

"Já estamos providenciando a elaboração dos projetos para aquisição dos sistemas de irrigação e, até final do ano, as unidades deverão ser implantadas", revela o engenheiro agrônomo Alex Demier, da 1ª Superintendência Regional da Codevasf em Minas Gerais, sediada em Montes Claros.

O investimento da Codevasf de R$ 290 mil conta com recursos do governo federal e do Orçamento Geral da União, destinados à Companhia por meio de emenda parlamentar.

“A Codevasf tem como parte de sua missão estruturar atividades produtivas a fim de promover a inclusão econômica e social. Ao proporcionar alternativas para fornecer alimento aos rebanhos, como o cultivo da palma forrageira, a empresa busca garantir o emprego e a renda das famílias de produtores rurais num momento de estiagem”, aponta a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino.

Palmas para Minas

alimentação rebanhosA palma forrageira foi escolhida como alternativa para alimentação dos rebanhos, pois tem grande capacidade de armazenar água, é rica em energia e tem fácil digestão por parte dos animais. A espécie também é tolerante à seca e tem baixo custo de produção. Largamente difundida no Nordeste do Brasil, a planta da família das cactáceas tem origem no México.

Além da Codevasf e da Faemg, participam do programa "Palmas para Minas": Comitê da Bacia do Rio Verde Grande, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/MG), Embrapa, Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec), Instituto Federal de São João Evangelista, Instituto Federal do Norte de Minas, Sebrae, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MG), Sicoob Credinor, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de São João del-Rei e Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

Fotos:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157653561106068

Ouça as notícias da Rádio Codevasf:

https://soundcloud.com/codevasf