Document Actions
Presidente da Codevasf é homenageada com o título de Cidadã Maranhense

Presidente da Codevasf é homenageada com o título de Cidadã Maranhense

Kênia Marcelino recebeu a honraria às vésperas de completar um ano na Presidência da Companhia

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão concedeu à presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, o título de Cidadã Maranhense, em sessão solene nesta quarta-feira (14). A homenagem foi proposta pela deputada estadual Graça Paz. A solenidade, presidida pelo deputado estadual César Pires, contou com a presença de diversas autoridades.

Na abertura dos trabalhos, a deputada Graça Paz fez um discurso justificando a concessão do título e ressaltou a atuação da Codevasf no estado. “O trabalho no Maranhão é exemplo do esforço da Codevasf. Para se ter uma ideia, no ano passado, foram empenhados cerca de R$ 20 milhões para aquisição de equipamentos de apoio a produção, além de R$ 5 milhões em convênio com a UEMA (Universidade Estadual do Maranhão) para salvar o rio Itapecuru. Esse título serve não só por agradecimento por seu trabalho, mas para estreitar o vínculo com o estado que passa a ser seu”, frisou a parlamentar.

Em seu discurso, Kênia Marcelino agradeceu a homenagem recebida e destacou o papel da Codevasf. “É motivo de muito orgulho receber o título de Cidadã Maranhense. Sinto-me profundamente honrada e envaidecida com esse privilégio, o qual divido com todos os colegas da Codevasf, principalmente os do Maranhão. Foi com grande satisfação que em 2016 recebi a missão de administrar essa importante instituição do nosso país. Há mais de quatro décadas, a Codevasf impulsiona o crescimento econômico e social de uma das áreas mais carentes do país, e também viabiliza, a implantação de projetos estruturantes de produção, de revitalização e infraestrutura hídrica”, ressaltou a presidente.

Ela também agradeceu aos parlamentares do Maranhão pela concessão da honraria e auxílio na execução de ações prioritárias da Companhia para o estado por meio da destinação de emendas parlamentares e na articulação das ações. discurso Kenia“As emendas constituem uma importante fonte de financiamento das ações da Codevasf, o que reforça a necessidade da alocação desses recursos de forma a possibilitar que sua destinação coincida com os programas e projetos da Companhia, complementando os recursos alocados pelo Poder Executivo”, explicou. Somente em 2016, os recursos do Orçamento Geral da União destinados à Codevasf por meio emendas parlamentares somaram mais de R$ 43 milhões.

A trajetória de Kênia Marcelino na Codevasf teve início em 2003 quando ingressou por meio de concurso público na função de chefe da Unidade de Brasilândia de Minas, vinculada à 1ª Superintendência Regional, em Montes Claros (MG). Ela já foi assessora da Presidência da Codevasf, gerente de Desenvolvimento Territorial e, desde 2013, exercia a função de secretária-executiva da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas antes de tomar posse como presidente, em julho do ano passado. Ela é a primeira funcionária do quadro efetivo e a primeira mulher a ocupar o posto.

O evento foi prestigiado por diversas autoridades, entre elas o diretor-superintendente do Sebrae-MA, João Martins; vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão, Cláudio Azevedo; representante do senador Roberto Rocha, Clodomir Paz; e presidente do Sindicato da Construção Civil do Estado do Maranhão, Fábio Nahuz, que participaram da mesa de honra.

Também acompanharam a solenidade, o diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf, Marco Aurélio Diniz, técnicos da 8ª Superintendência Regional da Companhia e familiares da presidente Kênia Marcelino.

Ações no Maranhão

Em seu discurso, a presidente ressaltou algumas ações desenvolvidas pela Codevasf no Maranhão, desde a instalação da 8ª Superintendência Regional da Companhia, em São Luís, no ano de 2012, que envolvem inclusão produtiva, desenvolvimento territorial em áreas rurais, acesso à água, revitalização de bacias hidrográficas e o projeto Diques da Baixada Maranhense.

Na área de inclusão produtiva, a Companhia investe no apoio a diversas atividades, como a piscicultura, apicultura e bovinocultura leiteira, além da estruturação de comunidades rurais mediante a aquisição de equipamentos com piscicultura MArecursos orçamentários de emendas parlamentares que chegam a quase R$ 20,7 milhões, atendendo vários municípios.

Para melhorar o escoamento da produção familiar e a melhoria da mobilidade entre as zonas urbana e rural, a Codevasf também investe em ações que impulsionam a agricultura com obras de pavimentação asfáltica e de recuperação de acessos vicinais. Somente em 2016 foram empenhados para esse objeto cerca de R$ 15,9 milhões em convênios celebrados com municípios maranhenses, montante que resultará em mais de 150 quilômetros de vias recuperadas.

Além de fortalecer a produção familiar, a Codevasf também investe em ações que visam garantir acesso à água à população para consumo e para produção. Um investimento de R$ 32,1 milhões resultou na implantação de 5,3 mil cisternas em 16 municípios. O trabalho também consiste na instalação de Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água. Até o momento 46 sistemas já foram concluídos em 13 municípios. Também foram investidos cerca de R$ 8,5 milhões na perfuração de poços tubulares, atendendo aproximadamente 1,8 mil famílias.

E para garantir a irrigação em pequenos assentamentos ou grupos de produtores rurais, foram disponibilizados kits de irrigação familiar, com capacidade para irrigar uma área de 500 metros quadrados por sistema de gotejamento. No estado, foram 3,4 mil unidades instaladas em 71 municípios, num investimento de R$ 1,2 milhão.

Em ações de revitalização de bacias hidrográficas, a Codevasf investe cerca de R$ 99,3 milhões na execução de obras de esgotamento sanitário em nove municípios, beneficiando cerca de 227 mil pessoas. Recentemente, foram assinados dois convênios com a Universidade Estadual do Maranhão. Um deles, no valor de R$ 1,5 milhão, para elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Itapecuru que definirá ações estratégicas para a gestão desses recursos. E outro para construção de uma Estação de Monitoramento de Águas na Bacia do Itapecuru. O investimento é de R$ 3,5 milhões.

acesso a aguaEntre as ações em desenvolvimento no estado, destaca-se ainda o projeto Diques da Baixada Maranhense. A Codevasf está em processo de contratação de cerca de R$ 7,6 milhões em serviços relacionados às futuras obras do empreendimento. O projeto é um sistema composto por dois diques com extensão conjunta de cerca de 70 quilômetros, a ser implantado na região da Baixada Maranhense. Ele deve ser capaz de acumular 600 milhões de metros cúbicos de água e pode beneficiar 260 mil pessoas em 11 municípios.

Planos Nascentes Itapecuru e Mearim

A Codevasf vai apresentar neste ano o Plano Nascente Itapecuru e o Plano Nascente Mearim, os quais visam propor intervenções para preservação e recuperação das nascentes dessas bacias. Os dois planos seguirão os moldes dos Planos Nascentes do São Francisco e do Parnaíba, lançados pela Companhia em 2016. Acesse os documentos: http://www2.codevasf.gov.br/programas_acoes/plano-nascente

“Esperamos que os planos também sejam de grande valia na indução de políticas públicas relacionadas à conservação de água, solo e recursos florestais no estado do Maranhão”, aponta Leila Lopes, analista em Desenvolvimento Regional da Codevasf e presidente do grupo de trabalho responsável pela elaboração dos planos.

Fotografias:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/albums/72157682056981554

Ouça as notícias da Rádio Codevasf:

https://soundcloud.com/codevasf

atualizado em 14/06/2017 16:43