Document Actions
Novas ações da Codevasf em Minas impulsionam barragem Jequitaí

Novas ações da Codevasf em Minas impulsionam barragem Jequitaí

Mais um passo foi dado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para retomada do projeto da barragem Jequitaí I, no Norte mineiro. A Companhia  realiza processo licitatório para contratação de empresa de engenharia para adequação dos projetos de três pontes no trecho da rodovia MG-208, que liga Francisco Dumont a Jequitaí e está inserido na área de inundação da futura barragem.

A documentação de habilitação e as propostas técnicas e financeiras das empresas interessadas em participar da licitação devem ser entregues na segunda-feira (11), às 9h, na Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Montes Claros. As propostas serão recebidas em sessão pública na sala da Secretaria de Licitações, na Avenida Geraldo Athayde, nº 483.

"Serão estudadas e projetadas pontes sobre os córregos Riachão, Carrapato e Água Limpa, entre os municípios de Francisco Dumont e Jequitaí, com extensões de 120, 30 e 25 metros, respectivamente. Após concluídas, paralelamente à implantação do Projeto Jequitaí, essas obras vão interligar uma estrada vicinal, denominada MG-208, às BRs 135 e 365, que cortam o estado e ligam o Sudeste ao Nordeste brasileiro", explica o superintendente regional da Codevasf em Minas, Rodrigo Rodrigues.

A licitação será na modalidadJEQUITAÍe Tomada de Preços, do tipo técnica e preço. Podem participar  empresas de engenharia, devidamente registradas no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) e observada a qualificação necessária, que satisfaçam às exigências do Edital nº 06/2017 e anexos e que possuam, até a data de recebimento das propostas, o capital social mínimo de R$ 45 mil."A contratação da atualização dos projetos para construção dessas três pontes é uma demonstração de que a implantação do empreendimento está em curso normal", completa Fernando Britto, chefe de gabinete da Codevasf em Minas, que também é um dos coordenadores do projeto hidroagrícola.

Conforme o aviso de licitação, publicado no Diário Oficial da União no início de agosto, o edital completo está disponível no site da Codevasf (www.codevasf.gov.br) e no Portal de Compras do Governo Federal (www.comprasgovernamentais.gov.br).

Para a gestão das ações referentes à obra, a Codevasf já contratou empresa para atualização e adequação do projeto executivo da primeira barragem do projeto, permitindo os ajustes necessários na planilha de serviços da nova licitação das obras, que deverão estar concluídos até o final deste mês. A previsão de licitação para execução dos serviços é para dezembro de 2017.

“Com esse importante empreendimento, a Codevaf irá levar mais desenvolvimento para o Norte de Minas Gerais. A determinação do Governo Federal, por meio do Ministério da Integração Nacional e da Codevasf, é dar prioridade à conclusão das obras do Jequitaí, um projeto considerado estratégico para a região”, destaca o presidente da Codevasf, Avelino Neiva.

Em implantação pela Codevasf, o Projeto Jequitaí é um empreendimento de uso múltiplo a fim de promover o desenvolvimento regional. Entre as finalidades do projeto, que prevê a construção de duas barragens, destacam-se o abastecimento de água para a população, inclusive de Montes Claros, cujo município conta com mais de 402 mil habitantes; a irrigação; a regularização de vazões e controle de cheias; e a geração de energia elétrica.

O empreendimento está inserido no Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do rio São Francisco. Quando totalmente  implantado, o projeto  prevê a irrigação de até 35 mil hectares, com produção anual estimada em mais de 520 mil toneladas de alimentos – principalmente a fruticultura, que vai gerar mais de 90 mil empregos diretos e indiretos.

Fotografias:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157680659150480


atualizado em 05/09/2017 09:57