Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Codevasf investiu R$ 2 bilhões em obras de infraestrutura e aquisição de máquinas e equipamentos em 2020
conteúdo

Notícias

Codevasf investiu R$ 2 bilhões em obras de infraestrutura e aquisição de máquinas e equipamentos em 2020

publicado: 31/03/2021 10h40, última modificação: 09/04/2021 15h13

RetroescavadeiraCerca de R$ 2 bilhões foram empenhados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) ao longo de 2020 para execução de obras de infraestrutura e aquisição de máquinas e equipamentos na área de atuação da empresa. O aporte de recursos do governo federal, por meio da Companhia, é destinado a obras e projetos de pequeno, médio e grande porte, principalmente ações de segurança hídrica, pavimentações, qualificação urbana e rural e operação do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias do Nordeste Setentrional (Pisf), entre outros empreendimentos.

A maior parte dos recursos é oriunda do Orçamento Geral da União, repassada à Codevasf por meio de emendas parlamentares e Termos de Execução Descentralizada (TEDs). Os dados são da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura, setor da empresa responsável pelas ações.

“Como um dos braços executores do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), pasta à qual a empresa é vinculada, a Codevasf executa um importante papel ao investir em obras de infraestrutura, impactando positivamente as regiões atendidas, com a construção de canais e adutoras, poços, pavimentações e outras intervenções. São obras que resultam em crescimento econômico, geração de renda e melhoria da qualidade de vida de milhões de pessoas”, explica Marcelo Moreira, diretor-presidente da Companhia.

Cerca de R$ 1,4 bilhão foi empenhado para elaboração de projetos e execução de obras. Entre eles destaca-se o Sistema Seridó, no Rio Grande do Norte. A Codevasf emitiu recentemente ordem de serviço para elaboração do projeto executivo para a execução da obra, que vai abastecer cerca de 280 mil pessoas em 24 municípios potiguares. A estimativa é que o governo federal invista cerca de R$ 280 milhões para a construção de mais de 330 quilômetros de canais adutores, estações de bombeamento, de tratamento e de pontos de captação de água.

“Ainda como estratégia do governo para estimular o crescimento econômico, cerca de R$ 160 milhões foram investidos em obras de infraestrutura hídrica para levar água a quem precisa e promover o desenvolvimento regional”, explica Antônio Rosendo Neto Júnior, diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf.

 Ações estruturantes de logística, mobilidade e qualificação urbana

PavimentaçãoNas últimas décadas, a sociedade e seus representantes passaram a demandar a presença da Codevasf em outros segmentos e regiões, aumentando assim suas linhas de negócio e sua atuação como agente de desenvolvimento econômico e social e difusão de novas tecnologias em agricultura irrigada e oferta de água.

“Objetivando melhorar a logística, as condições de tráfego para escomento da produção, a mobilidade e a acessibilidade da população na sua área de atuação, a Codevasf atua no desenvolvimento urbano e rural com a implantação de infraestruturas de apoio à produção, como obras de pavimentação de vias públicas rurais e urbanas, construção de pontes, além de fornecimento de máquinas pesadas e equipamentos para serviços públicos, entre outras intervenções”, afirma Rosendo Júnior.

Na área aeroportuária, há a construção do novo aeroporto regional de Balsas, no Maranhão, entre outras obras. O investimento do governo federal será da ordem de R$ 2,6 milhões, oriundos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC). O empreendimento está em fase de elaboração do projeto básico.

Em 2020, um dos destaques foi a contratação dos projetos de requalificação urbana no estado do Amapá, como a revitalização do complexo da orla do município de Santana e a recuperação e contenção da orla dos bairros Perpétuo Socorro e Cidade Nova, em Macapá (AP). O investimento é de R$ 2,3 milhões.

De acordo com o balanço de gestão 2019 / 2020 da Companhia, os investimentos no período resultaram em pavimentação e recuperação de 4,3 mil km de vias públicas. Cerca de 566 km de vias receberam pavimentações graníticas e blocos intertravados; 729 km, pavimentações asfálticas; e 3 km de estradas vicinais foram recuperados.

O fornecimento de máquinas pesadas e equipamentos, como caminhões, motoniveladoras e retroescavadeiras, alcançou, em 2020, 2.175 máquinas e implementos agrícolas, 135 veículos, 91 máquinas e equipamentos pesados, entre outros itens.

Projeto São Francisco

Na operação do Pisf, são R$ 97,8 milhões empenhados pela Codevasf para prestação dos serviços de operação e manutenção das infraestruturas do projeto, envolvendo serviços técnicos especializados de apoio às atividades de gestão das infraestruturas, entre outras ações. A obra vai garantir a segurança hídrica a 12 milhões de pessoas em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte, além de gerar empregos e promover inclusão social.