Você está aqui: Página Inicial > noticias > 2019 > Técnicos de prefeituras são capacitados pela Codevasf para recuperação de nascentes em Alagoas
conteúdo

Notícias

Técnicos de prefeituras são capacitados pela Codevasf para recuperação de nascentes em Alagoas

publicado: 02/07/2019 17h29, última modificação: 02/07/2019 17h33

Crédito:Zinclar/CBHSFTécnicos da área ambiental das prefeituras de Igreja Nova, Arapiraca, Canapi, Poços das Trincheiras e Pão de Açúcar, em Alagoas, foram capacitados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para elaboração e execução de projetos de conservação e proteção de nascentes. A capacitação integra as ações de revitalização executada pela Codevasf ao longo das bacias hidrográficas dos rios São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim.

Em Alagoas, estão previstas a elaboração e a execução de projetos de conservação e proteção de nascentes nas sub-bacias hidrográficas dos rios Grande, Piauí, Capiá, Boacica e Ipanema, todas integrantes da bacia do rio São Francisco.

O treinamento ocorreu na Casa de Cultura de Arapiraca e contou com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh/AL) e do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL). Outra atividade de acompanhamento do trabalho executado em cada município será realizado pela Codevasf e pela Semarh/AL no segundo semestre deste ano.

Segundo o engenheiro agrônomo da Codevasf Pedro Melo, que coordena as ações dos acordos de cooperação técnica em Alagoas, o treinamento pretende alinhar os trabalhos para elaboração e execução dos projetos. “Sabemos que cada nascente tem suas demandas próprias. No entanto, o que projetamos, com esse treinamento, é que os trabalhos sejam mais unificados, que tenham um alinhamento, além de atuar como uma capacitação para técnicos da área de meio ambiente. É um trabalho que deve ter alta qualidade para que possamos atuar para revitalização dessas sub-bacias que compõem a bacia do São Francisco em Alagoas”, afirmou.

Ele ainda destacou que a previsão é que as prefeituras municipais concluam os projetos de recuperação de nascentes até o mês de setembro deste ano e iniciem sua execução também no próximo semestre.

Treinamento

Durante a capacitação, Pedro Melo apresentou a metodologia de trabalho da Codevasf para execução de políticas, programas e projetos na área de Revitalização das Bacias Hidrográficas.

Coube ao assessor técnico da Semarh/AL Adolfo Barbosa e Silva, coordenador do programa de recuperação de nascentes do Governo do Estado de Alagoas, repassar as metodologias e tecnológicas consolidadas em projetos de conservação e proteção de nascentes a partir de sua experiência. “Trouxemos aqui princípios básicos de processos de recuperação de áreas degradadas na nossa região, com identificação e classificação de nascentes, práticas ambientais que protegem o solo de agressões ambientais, entre outros. Temos dez anos de experiência em Alagoas e nos propusemos a quebrar alguns paradigmas na temática”, explicou.

Já o IMA/AL trouxe ao treinamento o projeto “Mais Árvores”, que atuará junto às prefeituras nesses acordos de cooperação técnica para recomposição da mata ciliar das nascentes recuperadas.

O engenheiro ambiental e sanitarista João Victor Leite é um dos participantes do treinamento. Ele coordena as ações do acordo de cooperação na Prefeitura de Igreja Nova e aposta no trabalho continuado de educação ambiental para conservação e proteção de nascentes. “Em nosso município, temos em torno de 70 nascentes. Pretendemos recuperá-las com essa cooperação com a Codevasf. Já temos um trabalho de educação ambiental e ele será utilizado para fortalecer a proteção das nascentes. Agora teremos um aumento na vazão do rio e na qualidade da água”, revelou.