Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Unidade de apicultura implantada pela Codevasf no Piauí é polo de capacitação na área
conteúdo

Notícias

Unidade de apicultura implantada pela Codevasf no Piauí é polo de capacitação na área

A unidade de extração de produtos apícolas implantada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no Colégio Técnico de Floriano (CTF), ligado à Universidade Federal do Piauí (UFPI), tem sido um polo formador de apicultores. O município de Floriano localiza-se na região centro-sul do Piauí, a 255 km de Teresina. A unidade recebeu equipamentos como garfo desoperculador, estrado de PVC, tambor metálico para mel e derretedor de cera elétrico; os investimentos foram de cerca de R$ 160 mil.
publicado: 25/05/2017 11h38, última modificação: 20/06/2018 17h36

A unidade de extração de produtos apícolas implantada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no Colégio Técnico de Floriano (CTF), ligado à Universidade Federal do Piauí (UFPI), tem sido um polo formador de apicultores. O município de Floriano localiza-se na região centro-sul do Piauí, a 255 km de Teresina. A unidade recebeu equipamentos como garfo desoperculador, estrado de PVC, tambor metálico para mel e derretedor de cera elétrico; os investimentos foram de cerca de R$ 160 mil.

Entregue há três anos, a unidade, construída com recursos oriundos de destaques orçamentários da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI), treina aproximadamente 200 estudantes por ano, em diversos cursos, e também beneficia apicultores do município.

“A unidade de extração, além de atender diretamente aos estudantes dos cursos técnicos, entre eles os do curso de Técnico em Apicultura – um novo curso oferecido pelo Colégio Técnico de Floriano –, atende também diretamente os apicultores do município de Floriano”, explica Romualdo Ramos, chefe da Unidade de Desenvolvimento Territorial da 7ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Teresina.

Segundo o professor e vice-diretor do Colégio, Laurielson Chaves, antes da existência da unidade de extração as atividades de apicultura eram realizadas de modo improvisado. “Essa unidade foi muito importante, pois antes a gente fazia tudo no improviso e o material não saía de qualidade. Hoje os estudantes têm uma didática melhor, porque têm onde praticar. Agora eles sabem como é o ambiente da unidade de extração e para que serve cada compartimento”, diz.

A construção da unidade auxiliou o Colégio a criar o primeiro curso técnico em apicultura presencial e a distância do Brasil. O curso a distância atende os principais polos de produção de mel do Piauí. “Nós tivemos o primeiro curso do Brasil de técnico em apicultura aqui em Floriano. Formamos a primeira turma de técnico em apicultura, que começou em 2013 e terminou em 2015, além da turma de técnico em apicultura a distância, que capacita apicultores em Picos, São Raimundo Nonato e Simplício Mendes; eles também conheceram aqui a casa do mel e souberam como é seu funcionamento. Essa unidade de extração é um local de disseminação de conhecimento que está aberta a todos”, destaca Laurielson Chaves.

Investimentos

Produção de melNo Piauí, conhecido por sua vocação produtiva para a apicultura, sobretudo pela região de Picos, a Codevasf já construiu quatro unidades de extração de mel nos municípios de Cristino Castro, Itaueira, Floriano e Massapê, além de sete obras de adequação à legislação em Patos do Piauí, Belém, Marcolândia, Santana do Piauí, Jaicós, Padre Marcos e Pio IX e duas complementações em Campo Maior e São Miguel do Tapuio. A Codevasf investiu, de 2012 a 2016, um total de R$ 7,8 milhões em apicultura nos estados do Piauí e Ceará.

Fotografia:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157681116199894