Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Projetos de corte e costura estruturados pela Codevasf beneficiam comunidades no Norte de Minas
conteúdo

Notícias

Projetos de corte e costura estruturados pela Codevasf beneficiam comunidades no Norte de Minas

A atividade de corte e costura tem se mostrado uma nova alternativa de renda para comunidades rurais do Norte de Minas. Com o apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), famílias de mais de 30 municípios mineiros vêm sendo estruturadas com kits contendo materiais como máquinas de costura, mesas, fitas métricas, tecidos, linhas e tesouras.
publicado: 16/05/2017 13h08, última modificação: 20/06/2018 17h36

A atividade de corte e costura tem se mostrado uma nova alternativa de renda para comunidades rurais do Norte de Minas. Com o apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), famílias de mais de 30 municípios mineiros vêm sendo estruturadas com kits contendo materiais como máquinas de costura, mesas, fitas métricas, tecidos, linhas e tesouras.

De acordo com Alex Demier, gerente de Revitalização da 1ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Montes Claros, além da entrega dos kits, adquiridos com recursos do Orçamento Geral da União destinados à Companhia por emenda parlamentar, são realizadas capacitações para grupos de beneficiários por meio de empresas contratadas ou em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e prefeituras municipais. Modelagem básica, têxteis, estilismo, corte e costura são alguns dos temas abordados nessas formações.

Neste ano, estão sendo atendidos com essa ação os municípios de Curvelo, Jaíba, Medeiros, Januária, Vargem Bonita, Coração de Jesus, Moema, Pitangui, Leandro Ferreira, Patos de Minas, Luz, Divinópolis, Lassance, Santo Antônio do Monte, Conceição do Pará, Itacarambi, São Gonçalo do Pará, Carmo da Mata, entre outros. Serão 45 kits fornecidos em 2017; cada um beneficia, em média, 15 famílias.

Entre os equipamentos disponibilizados estão: máquinas de costura dos tipos reta, galoneira, overlock, caseadora doméstica, zig zag e pespontadeira; mesa de corte; cadeira giratória; malha PV; malha de algodão; tecidos como tricoline mista, linho, oxford e sacaria; tesoura; linhas overlock e reta; fita métrica.

“A atividade de corte e costura vem despontando como uma alternativa de renda, principalmente para as mulheres rurais. Ao viabilizarmos projetos produtivos que incluam de forma mais direta esse público, favorecemos a melhoria da qualidade de vida a partir do aumento da renda familiar. Diversos grupos estão conseguindo sua inserção no mercado por meio da prestação de serviços a confecções ou diretamente ao consumidor”, destaca Alex Demier.

Segundo ele, a Codevasf está trabalhando para implantar o Centro de Capacitação em Corte e Costura no município de Nova Porteirinha. Após concluído, o projeto deve atender a cerca de 200 pessoas por ano. A previsão é que o centro inicie suas atividades em 2018.

Benefícios

Vanete Fernandes coordena um projeto de corte e costura em Bocaiuva, estruturado pela Codevasf. Segundo ela, desde o início das atividades – há cinco anos –, mais de 300 pessoas já passaram por capacitação na área e hoje já estão empregadas em uma pequena fábrica do município ou trabalham como autônomas.

“Oferecemos capacitações em três turnos, com aulas que duram duas horas por dia. A Codevasf continua sendo nossa parceira, enviando professores para ensinar esse ofício e, também, fazendo todo o acompanhamento desse trabalho que desenvolvemos na região”, destaca Vanete.

Durante os cursos, os participantes aprendem a confeccionar cinco peças básicas de vestuário – calça, saia, blusas, vestido e short – e, com isso, desenvolvem a técnica para ser aplicada em outros itens. “Aqui, nós trabalhamos muito com malha. Temos uma parceria com uma paróquia local e, na festa do padroeiro, chegamos a produzir 1.000 camisas, gerando renda para a comunidade. Nós costumamos repassar essas experiências positivas à Codevasf, para que possam ser replicadas em outros municípios beneficiados com esse tipo de projeto”, explica a coordenadora.

Fotografia: https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157683798022226/with/33855339524/

Ouça entrevista com o gerente de Revitalização da 1ª Superintendência Regional da Codevasf, Alex Demier, sobre os projetos de corte e costura no Norte de Minas:

https://soundcloud.com/codevasf/gerente-de-revitalizacao-da-1-sr-alex-demier-fala-sobre-projeto-de-corte-e-costura-da-codevasf