Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Codevasf avança na aplicação de recursos de emenda impositiva em Sergipe
conteúdo

Notícias

Codevasf avança na aplicação de recursos de emenda impositiva em Sergipe

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai iniciar em breve as ações de reabilitação dos projetos de irrigação do Baixo São Francisco Sergipano – Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume. A reabilitação de canais, um dos principais investimentos, é a fase que está em estágio mais avançado. Neste mês, foi realizada a análise da documentação das empresas licitantes. O próximo passo é a abertura das propostas financeiras do processo licitatório, marcada para 8 de agosto. O investimento previsto nesta etapa é de R$ 45,2 milhões.
publicado: 28/07/2017 15h37, última modificação: 28/07/2017 15h43

A reabilitação de canais dos projetos de irrigação no estado está em estágio avançado. Serão aplicados na ação cerca de R$ 45,2 milhões

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai iniciar em breve as ações de reabilitação dos projetos de irrigação do Baixo São Francisco Sergipano – Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume. A reabilitação de canais, um dos principais investimentos, é a fase que está em estágio mais avançado. Neste mês, foi realizada a análise da documentação das empresas licitantes. O próximo passo é a abertura das propostas financeiras do processo licitatório, marcada para 8 de agosto. O investimento previsto nesta etapa é de R$ 45,2 milhões.

O edital de licitação para a reabilitação de canais de irrigação dos projetos de irrigação prevê a execução da obra em três lotes distintos. Os recursos destinados para realização total dos serviços são provenientes do Orçamento Geral da União, destinados à empresa por meio da emenda impositiva de R$ 100 milhões destinada pela bancada federal de Sergipe.

As ações atendem a uma demanda antiga dos produtores e irá proporcionar mais eficiência no fornecimento de água aos lotes irrigados. Os projetos de irrigação Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume beneficiam cerca de 1,3 mil produtores e criam mais de 10 mil empregos diretos e indiretos no Baixo São Francisco Sergipano. A rizicultura é a principal atividade nos perímetros irrigados e responde por aproximadamente 80% da sua produção. Além do cultivo de arroz, se destacam na região também as culturas do coco, milho verde, pescados, frutas e grama.

“A execução da emenda impositiva foi um grande feito para a Codevasf e para região. Desde o final do ano passado, mobilizamos uma equipe de técnicos para realizar os projetos necessários para realização das melhorias nos perímetros irrigados do estado”, ressaltou a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino.

“São investimentos de fundamental importância para a região, especialmente para manter o alto nível de produtividade na rizicultura. Além disso, os recursos vão proporcionar melhores condições de trabalho para os irrigantes, possibilitando o aumento das safras e garantindo emprego e renda para a região”, reforça Marcelino.

Canais SergipeO superintendente regional da Codevasf em Sergipe, César Mandarino, reafirma o compromisso da empresa em viabilizar melhorias para os projetos irrigados no estado. “A licitação dos canais representa, sozinha, quase 50% dos recursos da emenda impositiva. A documentação para o início da segunda licitação também já foi enviada para a Diretoria Executiva. Estamos com os prazos adiantados e no que depender da equipe técnica da Codevasf todo o planejamento será cumprido”, declarou.

“Não há dúvidas que essas ações vão mudar completamente a realidade das famílias que vivem no Baixo São Francisco Sergipano e isso é motivo de muita alegria para a Codevasf. Implementar mudanças em sua área de atuação, impactando positivamente a vida da população sempre foi a marca desta empresa”, comemora a presidente da Companhia.

Para a segunda etapa, os projetos e termos de referência para contratação de serviços de reabilitação eletromecânica dos projetos de irrigação já foram enviados para licitação, com investimento inicial previsto de aproximadamente R$ 38,2 milhões. Os valores deverão ser aplicados na reabilitação das instalações elétricas das estações de bombeamento (R$ 11,3 milhões), aquisição de sistemas de captação flutuantes (R$ 25,8 milhões) e aquisição de eletrobombas para sistema de irrigação pressurizada do projeto Cotinguiba/Pindoba (R$ 1,1 milhão).

A terceira etapa, totalizando os R$ 100 milhões, engloba investimentos em recuperação de estradas, limpeza da rede de drenagem, ações complementares e reserva técnica.

Fotografias:  

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157683416194062


Ouça as notícias da Rádio Codevasf:

https://soundcloud.com/codevasf